Vinte e oito projetos com Selo Famalicão Visão´25

A sessão solene evocativa dos 184 anos do Dia do Concelho decorreu, na manhã deste sábado, em Riba de Ave.

No Largo da Igreja, 28 empresas e instituições receberam a marca “Selos Famalicão Visão’25, galardão municipal que reconhece as iniciativas, ações ou projetos que têm contribuído para a coesão, competitividade e desenvolvimento do concelho.

Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal, elogiou os projetos distinguidos que, a seu ver, fazem prova que a comunidade está empenhada no desenvolvimento coletivo. «A melhor forma de celebrar uma comunidade é dar conta dos seus feitos e méritos e é o que está a acontecer. Estou muito satisfeito pelo trabalho que as instituições e empresas têm feito em Vila Nova de Famalicão». No entanto, o autarca reconhece que há áreas «que têm que ser alvo de uma atenção constante, para que a cidadania seja mais ativa, que as pessoas seja protagonistas e não esperem pelo que os outros possam fazer por si. Só assim seremos mais fortes em termos de comunidade».

Esta é já a quarta edição dos Selos Famalicão Visão’25, que se distribuem por 4 categorias: “Famalicão Made IN”, “B-Smart Famalicão”, “Força V – Famalicão Voluntário” e “Famalicão Comunitário”.

Susana Pereira, presidente da Junta de Riba de Ave, abriu a sessão evocativa do Dia do Concelho, assumindo que o regime de itinerância da cerimónia faz prova de um verdadeiro sentido de descentralização. A autarca pediu uma comunidade ativa «que valorize o seu passado, porque só assim se construirá um melhor futuro». Recordando a perda de serviços e valências de que a vila tem sido alvo, a autarca acredita que a localidade vai retomar «o caminho do sucesso».

Most Popular Topics

Editor Picks