Vinte e nove detidos por desobediência de isolamento

O ministro da Administração Interna revelou, em conferência de imprensa, que houve 108 detenções pelo crime de desobediência, entre de 19 de março a 2 de abril.

Destes, 29 foram violações das obrigações de isolamento. Houve ainda 10 tentativas de violação da cerca sanitária de Ovar e violações das obrigações de encerramento de estabelecimentos comerciais.
Mais de quatro mil portugueses pediram apoio ao Estado para regressar a Portugal e cerca de 75% desses repatriamentos já estão concretizados.

Na fronteira portuguesa com Espanha, foram impedidos de entrar 132 mil cidadãos. Segundo o ministro, foram realizadas 61 mil situações de controlo de pessoas em trânsito em Valença.

Recorde-se que o segundo período do Estado de Emergência entrou em vigor à meia-noite desta sexta-feira, pelo período de 15 dias previstos na Constituição, que termina às 23:59 dia 17.

Portugal regista, neste momento, 9.886 infetados pelo novo coronavírus e 246 vítimas mortais, mais 37 do que ontem, segundo dados do último boletim da Direção-Geral da Saúde, divulgado nesta sexta-feira, 3 de Abril.