Videoárbitro assume erro que tira 3 pontos ao Famalicão

Cláudio Pereira, videoárbitro do Famalicão-Santa Clara assumiu, em declarações ao jornal “O Jogo”, um erro de avaliação que acabou por determinar a derrota da equipa famalicense. Tudo teve origem na troca de identidades dos jogadores envolvidos no lance e, em vez da marcação da grande penalidade, haveria lugar à marcação de fora de jogo de Carlos Júnior.

Cláudio Pereira diz que quando visionou o lance trocou, «por lapso», o jogador n.º 95 (Schettine) pelo n.º 13 (Carlos Júnior). «Ou seja, pensei que tinha sido o 95 a sofrer o penálti e verifiquei que estava em posição legal, quando na verdade foi o n.º 13 que jogou a bola e este jogador estava em fora de jogo. Foi um erro da minha responsabilidade», assume Cláudio Pereira, o VAR do Famalicão-Santa Clara, disputado este domingo e que terminou com a vitória dos visitantes, por 0-1.

Recorde-se que no final do encontro o treinador do Famalicão, João Pedro Sousa deixou críticas ao videoárbitro na sequência do lance que determinou a derrota da sua equipa.