Unidade de Saúde de Joane pede ajuda às juntas de freguesia para contactar utentes

A Unidade de Saúde Familiar de Joane está com dificuldades em contactar vários utentes que estão destacados para esta primeira fase de vacinação contra a Covid-19.

O processo, que deveria funcionar através de SMS, tem-se revelado pouco produtivo, visto que são muitos os utentes que não têm contacto móvel atualizado, que não sabem responder a SMS’s, ou tão pouco tem telemóvel.

Para tentar contornar esta situação, e de que forma a que todos possam receber a primeira dose da vacina, esta unidade pediu auxílio às juntas de freguesia de Joane e Vermoim para que ajudem a identificar as pessoas que estão incontactáveis.

A USF joanense apela também a que toda a comunidade se mobilize e, no caso de conhecer alguém que esteja a ter problemas neste processo, que o reporte com um contacto alternativo (de um familiar ou vizinho) junto dos serviços da unidade de saúde.