Trabalhadores dos CTT começam greve no final do mês

Nos dias 30 de novembro e 2 e 3 dezembro, os trabalhadores dos CTT vão estar em greve «pela defesa de aumentos salariais e do reforço do número de trabalhadores que asseguram o serviço postal», anuncia o secretário-geral do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT).

Vitor Narciso confia que a greve deverá ter um grande impacto no atendimento e no tratamento e distribuição de correspondência, «e é essa a intenção, para que a empresa perceba a indignação dos trabalhadores e a opinião pública perceba o que se passa nos CTT».

Em declarações à agência Lusa o dirigente sindical lembrou que o processo negocial com a empresa arrastou-se desde o início do ano e acabou sem qualquer acordo.