Concelho

Trabalhadores da Rangel na Continental querem acabar com diferença salarial superior a 400 euros / mês

Dezenas de funcionários ao serviço da Continental Mabor pela empresa Rangel, estiveram esta quarta-feira reunidos em plenário, com o objetivo de discutirem formas de luta por melhores condições de trabalho.

Em declarações à Cidade Hoje, Ricardo Pires, dirigente sindical, explicou que ficou decidido a elaboração de um documento, que deverá ser entregue à administração da Rangel, juntamente com um pedido de reunião para o próximo mês.

O sindicalista adianta que nesse documento existem alguns pontos a serem tratados mas, de todos eles destaca as diferenças salariais entre os trabalhadores da multinacional e das empresas prestadoras de serviços (superior a 400 euros mensais), e a falta de condições de trabalho nos pavilhões onde estes funcionários laboram.

Os trabalhadores esperam, deste modo, entrar num processo de negociação com a Rangel para melhorarem todos os aspectos que entendem ser negativos.

Previous post

Utentes de Braga, Famalicão, Santo Tirso, Trofa passam a receber consultas por SMS

Next post

F.C.Famalicão anima seniores da +Plural

Cidade Hoje