Trabalhadoras da Ricon à porta da empresa até pelo menos segunda-feira

Com o fecho anunciado das empresas do grupo Ricon, a unidade fabril localizada em Ribeirão é alvo da máxima atenção por parte das funcionárias despedidas na última segunda-feira.

Como forma de protesto e para evitar que o material que se encontra no interior da empresa possa ser retirado sem autorização, vários grupos de trabalhadoras vão-se manter à porta das instalações até elas serem oficialmente fechadas pelo tribunal