Tecnologia inovadora da IOTech chama atenção da Riopele

Tecnologia inovadora da IOTech chama atenção da Riopele

Um ano depois da sua criação, a IOTech chamou a atenção da Riopele que adquiriu 10% do seu capital social. Esta startup famalicense, criada em janeiro de 2018, na incubadora Famalicão Made IN, que fica dentro das instalações da Riopele, em Pousada de Saramagos, destaca-se pelo desenvolvimento de soluções inteligentes, que são comercializadas como um serviço, simplificando o salto das empresas para a nova realidade da indústria 4.0. O objetivo é contribuir para a resolução de problemas com recurso a aplicativos móveis. «A ação da IOTech passa por juntar pessoas a empresas que queiram disponibilizar serviços, acabando com questões burocráticas», sendo que a tecnologia desenvolvida pode ir de áreas técnicas a serviços básicos. «Deixa-se de perder tempo com orçamentos, papéis. Para cada necessidade há uma resposta na plataforma», explicou esta quinta-feira, Filipe Portela, no âmbito de uma jornada do Roteiro pela Inovação de Famalicão.

Esta parceria entre a startup e a Riopele é elogiada pelo presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha. «A Riopele percebeu que o projeto é de muita utilidade para a própria empresa que não se limitou a contratar um serviço, adquirindo parte do capital».

Bernardino Carneiro, administrador do gigante têxtil nacional, salientou as vantagens da parceria, nomeadamente no âmbito da indústria do futuro. «Ficamos a ganhar um parceiro que nos vai ajudar a acelerar um conjunto de projetos no âmbito da indústria 4.0, da digitalização de processos, na ligação que pretendemos fazer de todo o chão de fábrica ao sistema central», explicou.

Most Popular Topics

Editor Picks