Teatro da Didascália mostra a mulher selvagem que há em nós

“Prelúdio: a mulher selvagem”, do Teatro da Didascália, de Joane, é exibido este sábado, dia 17 de fevereiro, às 21h30, no auditório do Grupo Cultural e Recreativo de Barco, em Guimarães.

A peça é uma performance poética e uma viagem emocional, resultando num exercício de renovação e recuperação da “mulher selvagem” «que existe dentro da cada um de nós. Mesmo dos homens», escreve a companhia joanense.

Ainda este mês, no dia 23, às 21h30, a peça “Guarda Mundos” é exibida nos Paços da Cultura de São João da Madeira e, no dia seguinte, às 16 horas, no Centro Pastoral de Moreira de Cónegos, em Guimarães.