Combustíveis devem descer no arranque da semana

No início da semana deverá haver uma alteração nos preços dos combustíveis. De acordo com o Jornal de Negócios, apesar de não existirem confirmações do setor, “há margem para uma redução de 1 cêntimo no preço da gasolina e de mais de 2 cêntimos no gasóleo”.

Tendo em conta os preços médios praticados esta semana em Portugal, a gasolina simples poderá baixar para 1,535 euros por litro, enquanto o gasóleo poderá baixar para 1,42 euros por litro.

Portugal é terceiro país da UE com mais impostos na fatura elétrica

Segundo um resumo informativo feito pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) com base nos dados publicados hoje pelo Eurostat sobre os preços da energia até junho, “a componente de taxas e impostos, que de acordo com o Regulamento Europeu integra os CIEG [custos de interesse económico geral], apresenta para Portugal um peso de 49% do preço total pago pelos consumidores”, sendo apenas superado na Dinamarca e Alemanha.

De acordo com o regulador, os CIEG (que integram a componente de taxas e impostos) representam para Portugal cerca de 30% do preço total pago pelos consumidores, não sendo possível fazer uma comparação com os restantes países da União Europeia (UE) porque o Eurostat não publica os dados desta componente de forma desagregada.

Excluindo as taxas de impostos, e comparando apenas as componentes de energia e redes para o consumidor (na banda de consumo anual entre os 2.500 e 5.000 quilowatt/hora (kWh), que é a mais representativa em Portugal), a ERSE refere que “os preços em Portugal são inferiores aos de Espanha e aos da média da Euro Área e da União Europeia”, surgindo Portugal “entre os países em que a componente de energia e redes é menor”.

Da análise feita pelo regulador resulta ainda que, no primeiro semestre deste ano, Portugal registou, pela primeira vez desde 2014, um preço médio da eletricidade para consumidores domésticos inferior ao da zona euro.

“Uma análise à evolução de preços revela que em Portugal os preços têm sido sistematicamente inferiores aos de Espanha, com exceção do 1.º semestre de 2016. Por comparação com a Euro Área, Portugal apresenta preços superiores desde o 1.º semestre de 2014, situação que se inverteu no 1.º semestre de 2019”, lê-se no resumo informativo.

Segundo a ERSE, “os preços praticados em Portugal são inferiores aos preços de Espanha, aos preços médios dos 19 países da Euro Área e aos preços dos 28 países da União Europeia. É ainda possível constatar-se que é nos países do leste da Europa que se verificam os preços mais baixos”.

Relativamente aos consumidores industriais, a ERSE diz que “os preços praticados em Portugal são inferiores aos preços médios dos países da Euro Área e da União Europeia, bem como aos de Espanha”, mas nota que a componente de taxas e impostos “é uma das mais elevadas a nível europeu”.

Combustíveis mais baratos a partir de segunda feira

Há boas notícias para quem quiser abastecer: os preços dos combustíveis vão descer na próxima semana. Se tudo se mantiver como a esta hora, na próxima segunda-feira o preço da gasolina vai descer 1,5 cêntimos e o gasóleo desce 0,5 cêntimos.

Recorde-se que, no início da semana, o preço médio de venda ao público da gasolina era de 1,52 cêntimos por litro, e o do gasóleo era de 1,39 cêntimos por litro.

TVI24

Tarifa do gás natural vai descer 50 cêntimos na fatura

Uma diretiva da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), publicada, em julho, em Diário da República, estabeleceu os preços de gás natural para 2019-2020, que tinham sido aprovados pelo regulador no final de maio.

O diploma em causa alterou o calendário das tarifas de gás natural, que deixaram de vigorar entre 01 de julho e 30 de junho do ano seguinte, passando a ser válidas entre 01 de outubro e 30 de setembro de cada ano.

A ERSE defendeu, no documento, que as variações das tarifas apresentadas beneficiam de fatores como a redefinição das bases de custos das várias atividades reguladas, “de modo a que as empresas partilhem com os consumidores os resultados alcançados em termos de diminuição dos custos”, e a revisão das taxas de remuneração das atividades reguladas “de forma a que reflitam o custo de capital destas atividades reguladas”.

O regulador destacou ainda as descidas das tarifas de acesso às redes, bem como das tarifas transitórias para consumidores finais como o consumo anual inferior ou igual a 10 mil metros cúbicos (m3), face ao ano anterior.

No dia em que aprovou a diretiva, no final de maio, a ERSE anunciou que a descida de 2,2% se aplica a cerca de 280 mil consumidores que permanecem no comercializador de último recurso e que os consumidores com tarifa social beneficiam de um desconto de 31,2% sobre as tarifas transitórias de venda a clientes finais.

Atenção: Subida do preço dos combustíveis até 4 cent. por litro

A imprensa nacional antevê uma grande subida do preço dos combustíveis.

A partir de segunda-feira a previsão é para que a gasolina simples registe um acréscimo de quatro cêntimos, enquanto o gasóleo deverá custar mais três cêntimos.

Esta alteração no valor do preço do combustível por litro estará relacionada com a instabilidade vivida nos mercados nos últimos dias, após um ataque a instalações petrolíferas da Arábia Saudita, há precisamente uma semana.

Most Popular Topics

Editor Picks