Linha (800 919 232) de apoio gratuita para doentes oncológicos da região Norte

A Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte (LPCC-NRN) criou uma linha telefónica gratuita para apoiar os doentes oncológicos durante esta pandemia – a LINHA APOIO ONCOLÓGICO COVID-19 (800 919 232).
Grande parte dos serviços e atividades do Núcleo Regional do Norte estão suspensos devido ao plano de contingência COVID-19.

A linha telefónica permitirá à LPCC-NRN continuar a apoiar os doentes oncológicos e a reforçar os apoios disponíveis, nesta fase difícil, mas principalmente os doentes oncológicos que têm o sistema imunológico mais debilitado e suscetível a inúmeras infeções

Os doentes oncológicos residentes na região Norte, durante este período de isolamento, podem ligar para o número 800 919 232 (das 8h30 às 17h30, de 2ª a 6ª feira – chamadas gratuitas) de forma a encontrar respostas às suas dúvidas, nomeadamente de âmbito técnico e científico, de apoio social, jurídico, e poderem solicitar os serviços de apoio disponíveis: Apoio social e económico; Serviço de entrega de refeições; Consultas de psico-oncologia, via telefone; Compra e entrega de medicamentos de farmácia; Entrega de medicamentos hospitalares; Compra e entrega de bens alimentares.

Paulo Cunha atende famalicenses por telefone

É mais uma consequência da evolução do vírus COVID 19. O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, decidiu suspender o atendimento presencial ao munícipe, que realizava todas as quartas-feiras, desde que assumiu a presidência da autarquia. No entanto, este serviço vai manter-se ativo, mas por telefone.

Paulo Cunha justifica a medida pelo novos tempos que vivemos e que determinam «novas medidas de contenção e de distanciamento social e, por isso, decidi suspender o atendimento presencial, o que não me impede de ouvir as preocupações dos famalicenses, de estar presente e de manter uma relação de proximidade, ainda que esta proximidade não seja física», explicou o autarca anunciando que vai manter o atendimento semanal, mas por telefone.

Assim, já a partir desta quarta-feira, 18 de março, Paulo Cunha estará no seu gabinete a receber as chamadas telefónicas dos munícipes, com atendimento marcado, porque «não podemos deixar que o isolamento social, essencial nesta altura, se transforme em sentimentos de solidão ou abandono; por isso, vamos manter rotinas fazendo os ajustes necessários», salienta Paulo Cunha.

Quem pretender agendar uma reunião com o Presidente da Câmara Municipal no âmbito da presidência aberta, poderá fazê-lo pelos meios habituais contactando os serviços do Gabinete de Apoio ao Presidente através dos contactos gerais da autarquia (252 320 900) com indicação de nome, freguesia e indicação de assunto. Podem também fazê-lo através de email ([email protected]) ou através da página oficial do Facebook do Município de Vila Nova de Famalicão.

Saúde24: Cerca de quatro mil telefonemas e mais de 10 mil contactos digitais por dia

António Sales, que visitou o Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde (SNS 24) acompanhado pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, e o vogal dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), disse que a deslocação pretendeu “reforçar a confiança nesta linha que tem mais de 4.000 telefonemas e contactos por dia, mas tem também agora uma linha digital há cerca de um ano com mais de 10 mil contactos digitais por dia”, disse António Sales, sublinhando que são “duas linhas muito importantes” na assistência aos portugueses.

“Mas é natural que em algumas situações, nomeadamente nesta altura da atividade gripal, nos meses de dezembro, janeiro e de fevereiro, cresça um pouco mais”, disse, contando que houve situações em que se chegaram a mais de 10 mil contactos na linha telefónica.

Segundo António Sales, existem neste momento três centros, em Lisboa, no Porto e em Braga, mas há um plano para alargar e para estender estas linhas a outras regiões do país “para que não haja assimetrias e que haja um reforço na sensação de confiança do paciente e dos utentes em relação a estas linhas”.

O governante destacou ainda a “qualificação e a competência” dos profissionais que todos os dias atendem as chamadas dos portugueses, que podem ter “confiança nesta linha telefónica (808 24 24 24)”.

“É um número a ficar na cabeça dos portugueses porque é um número muito importante na triagem, aconselhamento e encaminhamento das diferentes situações”, vincou.

A diretora-geral da Saúde lembrou que o SNS 24 começou há 21 anos com a Linha “Doi, Doi, Trim Trim” e teve “altos e baixos”.

“Neste momento é uma porta de acesso extraordinária no Serviço Nacional de Saúde” porque o contacto “é muito fácil”, seja digital ou telefónico, e “há sempre um profissional altamente diferenciado para acompanhar, para fazer tudo o que é preciso fazer”.

Sublinhando que o SNS 24 evita que as pessoas se desloquem a urgências hospitalares, em alturas de atividade gripal por exemplo, Graça Freitas adiantou que a linha de contacto “retira de facto pessoas das urgências, mas retira bem, deixando-as no seu domicílio, em cuidados domiciliários”, tendo depois o cuidado de voltar a falar com essas pessoas, fazendo o acompanhamento da situação e “isso é extraordinariamente bom”.

Most Popular Topics

Editor Picks