Famalicão: Advogado cúmplice de assalto em Ribeirão condenado a prisão efetiva

Quatro arguidos, entre os quais um advogado, foram condenados a prisão efetiva pelo assalto com violência à residência de um casal em Ribeirão, em 2019.

As penas variam entre os oito anos de prisão e os cinco anos e dez meses. O advogado, residente na Póvoa de Varzim, foi condenado a cinco anos e 10 meses de prisão, como instigador de dois crimes de roubo.

Os arguidos têm ainda de pagar 15 mil euros às vítimas.

Segundo o acórdão do Tribunal de Guimarães, o advogado sabia que o casal de Ribeirão guardava em casa dinheiro, artigos de joalharia e relógios valiosos, e «formulou o propósito de deles se apoderar, com recurso à violência física se a tanto fosse necessário».

Para execução do plano, contactou um outro arguido, que por sua vez se encarregou de arranjar outros “operacionais”.

O assalto à residência ocorreu na noite de 19 de novembro de 2019. O proprietário da casa foi agredido com violência e ameaçado com pistola para dar a combinação do cofre; a esposa foi manietada com uma braçadeira elástica.

Do cofre, os arguidos retiraram cerca de 15.800 euros, além de canetas e esferográficas, moedas de coleção, peças de arte sacra e três relógios, no valor total de 42 mil euros. Consumado o assalto, fecharam o casal na casa de banho.

Apesar de dois casos positivos no plantel, Ribeirão obrigado a jogar domingo

O Ribeirão FC acaba de publicar, nas redes sociais, que o jogo de domingo, no Passal, ante o Arões vai mesmo realizar-se, por indicação da AF Braga, com o consentimento do Delegado de Saúde.

Recorde-se que, esta semana, o clube tinha anunciado o adiamento da quinta jornada da Pró Nacional, em virtude de dois casos positivos de covid-19 no plantel, situação que levou a coletividade a suspender toda a atividade até 13 de janeiro.

Assim não entende a AF Braga nem as autoridades de saúde e o Ribeirão vai a jogo «muito limitado, sem treinos realizados. Vamos com raça e demonstrar que no Passal mandamos nós», escreve o clube.

Covid-19: Dois jogadores do Ribeirão FC infetados

Dois atletas do Ribeirão Futebol Clube acusaram positivo à covid-19 e o clube, por indicação da Delegação de Saúde, suspendeu os treinos de todo o plantel até 13 de janeiro. Deste modo, o jogo que estava marcado para este domingo, frente ao Arões, a contar para a quinta jornada da Pró Nacional da AF Braga foi adiado.

O presidente do clube, Rui Oliveira, refere que a partir do momento «que tomamos conhecimento da situação, contactamos a Direção-Geral da Saúde para colocarmos em prática os procedimentos necessários. E foi entendido suspender a atividade do plantel para salvaguarda da saúde de todos».

O dirigente avança que para além deste dois casos positivos, confirmados após o jogo disputado com o Serzedelo, a 30 de dezembro, os restantes elementos do plantel e equipa técnica não têm manifestado qualquer sintoma da doença.

 

 

Famalicão: Depois das acessibilidades, Ribeirão quer um parque de lazer

Uma vez ultrapassados alguns problemas de acessibilidades, a Vila de Ribeirão vira-se para outros projetos. A criação do Parque de Lazer junto à Avenida Rio Veirão é uma das ambições da Junta de Freguesia, cuja concretização está para breve.

De acordo com o projeto, o parque terá um percurso pedonal, uma zona para espetáculos ao ar livre, um parque de merendas, uma área fitness, e vário mobiliário urbano que convida ao relaxamento e convívio.

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, o vereador das Freguesias, Mário Passos, e o presidente da Junta de Freguesia, Adelino Oliveira, percorreram a freguesia, no dia 17 de dezembro, em mais uma visita de trabalho.

«Nos últimos anos, foi canalizado um investimento de mais de 900 mil euros para obras em quase duas dezenas de ruas, travessas e avenidas na freguesia de Ribeirão. É uma aposta gigantesca no crescimento e progresso desta vila», assumiu Paulo Cunha.

Entre os projetos em acessibilidades está a renovação da rua de S. Mamede, que implicou um investimento superior a 300 mil euros; a ligação à Rua do Sol Poente que foi adjudicada por cerca de 290 mil euros; a comparticipação na execução das obras na Rua D. Dinis e Travessa da Antiga Escola, mediante celebração de um contrato de cooperação no valor de 45 mil euros, entre muitas outras.

A somar a estas obras na rede viária, está a intervenção programada para a Estrada Nacional 14, numa parceria estabelecida entra a autarquia e a administração central.

Recorde-se que as acessibilidades foram, ao longo de vários anos, a principal reivindicação da Junta de Freguesia, que se mostra agora satisfeita com o trabalho desenvolvido.

A comitiva que contou ainda com a presença do vereador da educação e cultura do município, Leonel Rocha, que é natural da vila de Ribeirão, destacou ainda o investimento do município no movimento associativo da freguesia, donde sobressai o apoio ao Agrupamento do Corpo Nacional de Escutas de Ribeirão para o desenvolvimento de diversas obras.

Segundo jogo consecutivo do Ribeirão adiado devido à covid-19

O jogo entre o Serzedelo e o Ribeirão, respeitante à quinta jornada da Pró Nacional da AF Braga e marcado para este sábado, foi adiado «por motivo de diagnóstico de infeção pelo coronavírus», anuncia o emblema famalicense em publicação no facebook.

No entanto, não é referido se o caso diagnosticado é no Ribeirão ou no Serzedelo.

Recorde-se que pelo mesmo motivo, também o jogo da quarta jornada, com o Torcatense, foi adiado.

Most Popular Topics

Editor Picks