Famalicão: Largo do Senhor dos Aflitos será alvo de requalificação profunda

O Largo do Senhor dos Aflitos, em Cruz, vai ser alvo de uma requalificação profunda numa área de cerca de 13 mil metros quadrados que vai tornar este espaço «mais condizente com a história e memória coletiva da freguesia», assinala o autarca local, António Simões. A intervenção está ainda em fase de projeto, mas a Câmara Municipal estima que a obra possa arrancar em 2021, decorrendo de forma faseada.

O largo é um espaço com muito significado para a freguesia de Cruz, que depois desta intervenção que abrange toda a zona envolvente da capela, «vai ganhar um espaço central renovado, mais bonito e mais adequado à realidade atual», disse António Simões.

Este projeto foi um dos temas abordados na jornada de trabalho que, esta terça-feira, levou o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, a visitar a freguesia.

O novo posto dos CTT, instalado desde maio na sede da Junta de Freguesia e que serve também as freguesias vizinhas, mereceu a atenção do autarca famalicense.

Para o futuro foram sinalizadas duas intervenções: a requalificação da Rua de Pindela, que faz a ligação de Cruz a Mouquim, e a requalificação de um edifício em ruína, na Avenida Visconde de Pindela, para ser colocado ao serviço das associações e onde ficará também instalado o novo miradouro de Cruz com vista para o Vale do Pelhe.

Famalicão: CDS quer que o Governo requalifique a escola Júlio Brandão

O Grupo Parlamentar do CDS-PP quer que a Assembleia da República recomende ao Governo «a realização urgente das obras de requalificação da Escola Básica 2,3 Júlio Brandão, partilhando com a escola, e demais comunidade educativa, os seus termos e calendário».

Os deputados do CDS recordam que a escola funciona com graves problemas estruturais, «sendo urgente proceder-se à sua requalificação», pois o edifício «não está à altura das atuais exigências curriculares, pelo que é urgente uma intervenção profunda», pede o Grupo Parlamentar do CDS.

Recorde-se que igual propósito teve, recentemente, o Grupo Parlamentar do PSD que apresentou um projeto de resolução onde também reclama obras de requalificação da E.B. 2 3 Júlio Brandão.

 

Famalicão: Cidade mais verde

Concluídas obras de requalificação, o centro urbano de Famalicão passará a ter mais árvores. No decurso dos trabalhos serão plantadas perto de três centenas de novas árvores que se vão juntar às 116 que permanecerão. Apenas duas dezenas serão abatidas dado o seu estado de conservação, enquanto 67 serão transplantadas.

Segundo o projeto, o centro da cidade passará a ter uma área arbórea muito superior à existente, que se juntará aos vários ajardinamentos que se vão espalhar pelos 3000m2 de área de intervenção e que vai incluir ainda a recuperação da margem ribeirinha do Rio Pelhe, junto à antiga Ponte Românica, na extremo nascente Praça Mouzinho do Albuquerque.

Sob o mote “Um novo Centro. Uma Nova Cidade” as obras de reabilitação do centro urbano de Famalicão abrange todo o quarteirão urbano localizado entre as praças D. Maria II e Mouzinho de Albuquerque e ruas adjacentes, dotando-as de mais e melhores zonas sociais e de mais espaços para peões e para os modos de transporte suaves.

A obra, num valor superior a oito milhões de euros, tem comparticipação do Norte 2020, através do programa FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Dois Milhões de euros: Clínica Dentária compra edifício histórico no centro de Famalicão

Uma clínica dentária com sede em Barcelos comprou o edifício histórico da Praça D. Maria II, no centro de Famalicão, que, na segunda metade do século passado, acolheu o principal balcão da Caixa Geral de Depósitos na então vila famalicense.

O edifício, em granito, que faz esquina com a Rua de Santo António, está devoluto desde a década de 1980, surgindo agora uma oportunidade para a sua reabilitação através da sua reconversão numa clínica dentária de última geração, onde deverão trabalhar duas dezenas de profissionais, entre médicos dentistas, técnicos superiores de próteses dentária e assistentes dentários.

O espaço comercial deverá abrir portas no final de 2020, início de 2021.

Most Popular Topics

Editor Picks