Comissão Distrital de Proteção Civil pede aos cidadãos que não se desloquem aos cemitérios

A Comissão Distrital de Proteção Civil, reunida no dia 21 de outubro, recomenda, como medida preventiva, que nos dias 31 de outubro e 1 de novembro os cidadãos não se desloquem aos cemitérios.

Relembra que devem ser evitados os contactos pessoais e aglomerados populacionais para se evitar contágios. Recorda que é necessário o uso de máscara ou viseira em espaços públicos para todas as pessoas com idade superior a 10 anos. O mesmo deve acontecer com a higienização regular das mãos com água e sabão ou anti-séptico.

Face à situada de calamidade, está ativo o Plano Distrital de Emergência da Proteção Civil de Braga e os Planos Municipais de Emergência e Proteção Civil. O objetivo é um controle efetivo e monotorização da situação epidemiológica no distrito de Braga; garantindo também o estado de prontidão das forças e serviços de segurança, dos serviços de emergência médica e de todos os agentes de proteção civil, com reforço de meios para eventuais operações de apoio na área da saúde pública.

Famalicão: Proteção Civil na sede do PSD

Na noite da próxima segunda-feira, dia 22 de junho, pelas 21h30, a concelhia do Partido Social Democrata promove mais uma sessão das “Segundas na Sede”.

Desta vez o tema é “Proteção Civil no âmbito municipal”, tendo como orador o provedor das Associações da Liga dos Bombeiros Portugueses, Fernando Vilaça.

A iniciativa volta a decorrer online, através da plataforma Zoom, com transmissão em direto a partir da página de Facebook do PSD de Vila Nova de Famalicão, em www.facebook.com/PSDVNFamalicao/.

A participação carece de inscrição prévia. Para isso, os interessados devem efetuar o pedido através do envio de uma mensagem privada para a página de Facebook do PSD.

Covid-19: Cidade Hoje promove conferência esta sexta-feira

Na noite desta sexta-feira, a partir das 21 horas, Cidade Hoje dá início a um ciclo de conferências/debates para analisar as consequências e perspetivas futuras resultantes do atual quadro pandémico Covid-19

A primeira conferência – sobre o trabalho desenvolvido pelas entidades de Proteção Civil -, decorre na Sala Fogo, do quartel dos Bombeiros Voluntários Famalicenses.

Ricardo Mendes, vereador da Proteção Civil; os comandantes das corporações de bombeiros do concelho; o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Ave, António Barbosa; e o diretor clínico do Hospital de Riba de Ave, Salazar Coimbra, são os oradores desta iniciativa que decorre a partir das 21 horas, desta sexta-feira, e que pode acompanhar em direto na página do Facebook Cidade Hoje.

Mais de 10 milhões receberam alerta da Proteção Civil por SMS

Mais de 10,5 milhões de pessoas em Portugal receberem, na quinta-feira, a mensagem de telemóvel (SMS) sobre as restrições especiais de circulação e a situação de risco devido à covid-19, anunciou a Proteção Civil.

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) refere que a mensagem sobre a situação de risco relacionada com a pandemia de covid-19, e em particular quanto às restrições especiais de circulação a adotar até a próxima segunda-feira, foi recebida por 10 milhões de clientes nacionais e os restantes por clientes internacionais que se encontram em Portugal Continental.

“COVID19: Especiais restrições de circulação 9 a 13 abril. Nesta Pascoa fique em casa. Previna contagio. Info em covid19estamoson.gov.pt / www.prociv.pt / ANEPC”, foi o conteúdo do SMS recebido em português e em inglês.

As novas restrições de circulação impostas na renovação do estado de emergência estipulam que entre as 00:00 de quinta-feira e as 24:00 do dia 13, as deslocações não poderão fazer-se para fora do concelho de residência, salvo em situações autorizadas, como as relacionadas com o trabalho.

A operação conjunta de fiscalização da PSP e da GNR conta com 35 mil elementos no terreno.

Testes à Covid-19 devem ser mais abrangentes, pede presidente dos Famalicenses

A Secretária de Estado da Administração Interna anunciou, esta quinta-feira, que as forças e serviços de segurança e os bombeiros são prioritários nos testes à covid-19, uma medida bem recebida, no entanto, redutora, na opinião do presidente da direção dos BV Famalicenses.

António Meireles, em email enviado ao presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, assume que nesta medida deviam, também, ser considerados os membros das direções, pessoal administrativo e auxiliar. Todos «garantem o bom funcionamento das associações humanitárias».

E, embora não seja do âmbito da Liga, Meireles sugere, ainda, que os funcionários da Proteção Civil, o vereador da Proteção Civil e o presidente da Câmara deveriam ser abrangidos pela mesma regra.

Most Popular Topics

Editor Picks