PS quer uma Câmara mais preocupada com o ambiente

O PS votou contra as Grandes Opções do Plano e Orçamento, apresentadas pelo executivo PSD/CDS-PP para 2020, numa reunião que decorreu esta segunda-feira, à porta fechada.

O presidente da Comissão Política do PS de VN Famalicão, Rui Faria, explicou à Cidade Hoje que a proposta da Câmara «não sendo uma tragédia, não gera entusiasmo» porque «não passa de gestão corrente».

Quanto à concretização de obras como o Mercado, a Ciclovia ou o Cineteatro Narciso Ferreira, Rui Faria diz que «vão ver a luz do dia, graças, em grande parte, aos fundos comunitários alocados».

O PS diz que é possível fazer diferente com um orçamento de 111 milhões de euros, «sem desbaratar recursos e desse modo aliviar a cobrança dos impostos municipais».

Rui Faria assume que «os desafios são muitos e numa altura em que se fala em ambiente e em “carbono zero” ou “0 carbono”, não há rasgo ou arrojo, perspetiva ou prospetiva do advir, no presente documento», refere. Regista com apreço as vias cicláveis e a colocação de luminárias LED, mas defende a retirada de carros da rua, com mais parques de estacionamento gratuitos e vias apenas pedonais.

Most Popular Topics

Editor Picks