Rali: Problemas no carro tiram Pedro Almeida do Rali Terras D´Aboboreira

Pedro Almeida e Hugo Magalhães não vão alinhar no Rali Terras D’Aboboreira, depois de no decorrer do Shakedown desta sexta-feira ter sido detetado um problema no Peugeot 208 Rally4.

Nos testes realizados esta manhã a equipa sofreu uma saída de estrada, devido à quebra dos pernos na roda dianteira do carro, situação que já se havia registado no decorrer do teste de preparação.

«Apesar de todos os esforços que fizemos na assistência e por este problema se repetir (o mesmo havia sucedido com outro carro igual em testes realizados recentemente), em conjunto com a The Racing Factory, decidimos que não estavam reunidas as condições para, em segurança, alinhar no Rali Terras D’Aboboreira», explicou o piloto famalicense, momentos antes do arranque do Rali.

Piloto e co-piloto estão já focados no próximo rali, a realizar dentro de uma semana em La Nucia, em Espanha, a contar para a Peugeot Rally Cup Iberica.

Rali: Pedro Almeida e Hugo Magalhães correm em Espanha

Esta sexta-feira e sábado, Pedro Almeida e Hugo Magalhães vão disputar o Rally Princesa das Astúrias, pontuável para o trófeu Peugeot Rally Cup Iberica.

O piloto famalicense vai apostado em somar pontos «e lutar pelo melhor rali que possamos fazer». A prova, reconhece, «é uma novidade para nós e sabemos que vamos ter pela frente um conjunto de equipas que conhecem melhor o traçado, mas partimos com a confiança de que hoje estamos melhor que há meses atrás e vamos em busca de um resultado que nos permita continuar a estar entre os melhores nesta Peugeot Rally Cup Ibérica».

A prova realiza-se no dia de sábado com 8 especiais de classificação.

Pedro Almeida estreia novo carro em Castelo Branco

O campeonato de ralis regressa no próximo fim de semana, com prova em Castelo Branco. Esta jornada conta com Pedro Almeida e Hugo Magalhães que vão ter o primeiro contacto com o novo carro – o Peugeot 208 Rally4 – uma estreia absoluta em competição e, por isso, tudo será novo. «Foi uma longa paragem, há as condições excecionais da corrida em resultado da pandemia e há um novo carro, com o qual não fizemos quilómetros e vamos ter rapidamente de nos adaptar para fazer o rali», assinala o piloto famalicense.

Desde fevereiro sem competição, a dupla foi-se preparando «com algum trabalho físico e especifico, mais vai ser uma corrida de expectativa e de perceber o que pode dar o rali conforme ele vai decorrendo».

Pedro Almeida e Hugo Magalhães vão testar o novo Peogeot 208 Rally4 esta quarta-feira, um primeiro contacto que será crucial para perceber que afinações podem ser feitas para Castelo Branco.

Castelo Branco marca, assim, o regresso do Campeonato de Portugal de Ralis, depois da interrupção do calendário após o Rali Serras de Fafe. «Tivemos de reformular tudo o que havíamos planeado. Vamos fazer os quatro ralis da Peugeot Iberian Cup, as provas do calendário nacional e, depois, vamos ainda incluir a participação no Rali da Calheta e fazer o Rali de Roma e dos Açores, que pontuam para o ERC». Pedro Almeida diz que o principal objetivo é «elevar o nível competitivo e tirar o máximo partido das provas que podemos realizar».

Most Popular Topics

Editor Picks