Apagão deixa clientes “presos” no interior do Braga Parque

Vários clientes ficaram retidos, na tarde desta quinta-feira, em algumas lojas do centro comercial Braga Parque, na cidade de Braga.

De acordo com a Braga TV, devido à falha na rede eletrica, algumas pessoas ficaram presas no interior do hipermercado que funciona naquele espaço. Tal situação estará a ser gerada devido aos sistemas anti-roubo.

A EDP já se pronunciou sobre a falha, espera que tudo esteja solucionado cerca das 15h00.

Famalicenses convidados a sentirem problemas de quem tem mobilidade reduzida

Já começou a Semana Europeia da Mobilidade em Vila Nova de Famalicão. Até ao final da semana realizam-se uma série de iniciativas dedicada a esta efeméride.

Nesta quarta-feira várias pessoas foram desafiadas a circularem em cadeiras de rodas, com carrinhos de bebés ou com andarilhos de forma a verificarem as dificuldades encontradas pelas pessoas com mobilidade reduzida, seja no interior das lojas, seja na própria cidade.

Imagens: CMFamalicão

 

Filas no registo civil de Famalicão começam às 6 da manhã

A máquina onde são tiradas as senhas deixa de funcionar momentos após a abertura daquele espaço.

Renovar o cartão do cidadão no serviços do registo civil do concelho tem sido uma missão quase impossível para a maioria dos emigrantes que por cá estão durante este mês de Agosto.

Com a falta de espaço e funcionários para atender as centenas de pessoas que procuram este serviço, o método encontrado por muitos para conseguir, por exemplo, renovar o cartão do cidadão, é madrugar e ir para a porta do registo civil às 6 da manhã.

“Estes dias cheguei às 10h00 e não havia senhas. Fui aconselhado por um senhor a vir cá hoje mas cedo, cheguei às 6 da manhã e felizmente consegui resolver a minha situação.”

Paulo Silva – Emigrante famalicense residente em França

A situação não é nova mas agrava-se sempre neste período do ano. A solução poderá surgir nos próximos anos quando for aberta a Loja do Cidadão de Vila Nova de Famalicão, que deverá ficar instalada no Centro Comercial D. Sancho I – espaço da antiga superfície comercial “Inô” -, local que já se encontra arrendado à autarquia famalicense.

Most Popular Topics

Editor Picks