Famalicão: Agrupamento de Pedome entrega bens alimentares à Humanitave

O resultado de uma campanha de angariação de bens alimentares, no Agrupamento de Escolas de Pedome, foi entregue à Humanitave.

Durante as últimas semanas do passado mês de novembro, o Agrupamento de Escolas, com a colaboração da comunidade educativa, procedeu à recolha de bens alimentares num ato solidário que teve forte adesão junto de todos.

Os bens recolhidos serão utilizados pela associação humanitária no seu trabalho assistencial junto daqueles que mais precisam.

 

Famalicão: Está em isolamento? Não saia de casa, a Junta de Pedome ajuda-o

A Junta de Freguesia de Pedome mantém um registo de proximidade com a população, apoiando todos aqueles que estão a atravessar uma fase mais difícil. Devido ao aumento significativo de número de casos covid-19, este executivo disponibiliza um contacto para quem precisar de auxílio.
Quem se encontrar em isolamento profilático e possa ter alguma necessidade, por mais básica que seja, deve contactar a Junta – 252 987 440, de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 12 e das 14h30 às 18 horas -, para que seja possível prestar ajuda ou encaminhar o problema.
«Relembramos que todos os que se encontrem em isolamento, não devem sair de suas casas», alerta a autarquia de Pedome.

Famalicão: Recolha de bens alimentares em Pedome

Está a decorrer, até 27 de novembro, uma recolha de bens alimentares junto da comunidade educativa da Escola Básica de Pedome, a favor da Humanitave.

Quem pretender colaborar com esta ação solidária deve entregar o seu contributo na biblioteca da escola sede do agrupamento.

Esta campanha visa colocar em prática os princípios contemplados nos ODS – Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável – que são transmitidos nos programas de diferentes disciplinas.

 

 

Famalicão: Alunos em isolamento profilático andam na rua a brincar

A direção do Agrupamento de Escolas de Pedome, em publicação nas redes sociais, alerta que há alunos de escolas da sua área de influência em isolamento profilático, devido à covid-19, mas que andam na rua.

«Temos conhecimento de que alguns alunos de turmas em situação de isolamento profilático têm sido vistos nas ruas das suas localidades a correrem e a brincarem em violação frontal ao cumprimento do isolamento profilático que lhes foi determinado».

Perante «esta irresponsabilidade e leviandade, com que este assunto é tratado pelas famílias», a direção do Agrupamento diz-se forçada a comunicar à GNR «a violação do isolamento profilático em causa para os devidos efeitos e com as consequências inerentes, nos termos da legislação aplicável».

Famalicão: Turma do quarto ano da Escola Básica de Delães em casa devido a dois casos positivos

Vinte alunos de uma turma do quarto ano da Escola Básica de Delães estão em casa a cumprir quarentena, depois de dois colegas, que frequentam o CERA – Centro de Estudos de Riba d’Ave, testarem positivo à covid-19.

Outros cinco alunos, do quinto ano da Escola de Pedome, que frequentam o mesmo centro de estudos, também se encontram em casa por prevenção e em vigilância ativa.

Contactado pela Cidade Hoje, o diretor do Agrupamento de Escolas de Pedome confirma a situação. Fernando Lopes assinala a ação das autoridades de saúde no acompanhamento e monitorização destes casos.

Famalicão: Câmara procede a 80 intervenções para combater desperdício de água

Com o objetivo de combater o desperdício de água da rede pública, a Câmara Municipal de Famalicão vai colocar, no concelho, 80 equipamentos de medição e controlo do caudal e pressão da rede. São pequenas empreitadas, feitas praticamente em oficina, para causar o mínimo de transtorno à população.

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão assinalou esta melhoria do sistema da rede pública de água com uma visita a Pedome onde foi colocado um destes equipamentos.

Uma vez detetada uma anomalia nos caudais e na pressão, os técnicos do município vão ao local fazer a reparação. Isto permite uma maior rapidez na atuação, ficando a ganhar o ambiente e os cofres municipais. Sendo menor a perda, há uma poupança que, a médio e longo prazo, pode chegar a meio milhão de euros, revela o vereador do Ambiente.

Para o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, «esta intervenção simboliza a maturidade das políticas públicas ao nível do ambiente». Paulo Cunha reconhece que a rede de água não chega a todas as habitações, mas entende que «era necessário dar este passo para que o nosso concelho integre o pelotão da frente, em Portugal e no mundo, das preocupações ambientais».

Refira-se que as novas medidas implementadas pelo município implicam um investimento total de cerca de um milhão de euros, sendo comparticipadas através do POSEUR (Programa Operacional Sustentabilidade e eficiência no Uso de Recursos) com 557 mil euros.

Recorde-se que o nível de perdas globais no Sistema de Abastecimento de Água de Vila Nova de Famalicão foi, em 2017, de 34.6 %, sendo que, na origem das mesmas, poderão ter estado, entre outros fatores, perdas em condutas, reservatórios, ramais, bem como perdas associadas a medições deficitárias em contadores, ou ligações ilegais, por exemplo. Com a implementação das medidas propostas na candidatura, prevê-se reduzir o nível de perdas reais para os 20 por cento, correspondendo a uma poupança de 871.467 m3/ano.

Most Popular Topics

Editor Picks