Advogado é suspeito de mandar assaltar casa em Ribeirão

Segundo avança a TVI, a PSP de Lisboa deteve esta segunda-feira um advogado do Norte do país suspeito de ter encomendado um assalto armado a casa de um casal, em Ribeirão, onde o jurista sabia que as vítimas guardavam, dentro de um cofre, um fortuna em joias e dinheiro.

Avança, ainda, a TVI, que o grupo de quatro assaltantes estava sob escuta no âmbito de outra investigação e foi numa dessas chamadas telefónicas que apareceu o advogado a sugerir-lhes o assalto que aconteceu em novembro de 2019.

As vítimas, de 62 e 65 anos, foram agredidas violentamente e ameaçadas de morte. Os quatro assaltante roubaram 16 mil euros em dinheiro e ouro avaliado em cerca de 30 mil euros.

Enquanto isso, a PSP de Lisboa, que tinha o grupo sob escuta, montou uma barricada na A1, junto às portagens de Alverca, e logo no dia seguinte deteve dois dos assaltantes, enquanto que os outros dois fugiram. Desses, um foi capturado há poucos dias, em Lisboa, depois de ter estado fora do país; o outro continua em fuga. Faltava prender o advogado mandante do crime, que foi detido da manhã desta segunda-feira e será presente a tribunal, esta terça-feira, para aplicação de medidas de coação. Já os cúmplices estão em prisão preventiva.

Detido em Lisboa suspeito de assalto violento em Ribeirão

O suspeito de um assalto violento, em novembro de 2019, em Famalicão, que andava fugido das autoridades, foi detido, esta segunda-feira, em Lisboa

Na altura, três suspeitos assaltaram um casal, de 62 e 65 anos, na própria casa, em Ribeirão. Invadiram a residência e torturaram as vítimas durante horas.

Dois suspeitos foram, mais tarde, capturados em Santarém, junto às portagens de Alverca. O homem agora detido pela PSP estava foragido desde então, tendo viajado para o estrangeiro. O homem é, ainda, suspeito de mais dois assaltos violentos, no mesmo dia, na zona de Famalicão

Do assalto de novembro de 2019, os suspeitos levaram 16 mil euros e ouro avaliado em cerca de 30 mil euros.

Assaltada residência em Seide S. Miguel

Foi assaltada uma residência no largo de Seide S. Miguel, na tarde desta quarta-feira, entre as 14 e as 16 horas.

Os assaltantes levaram diversas peças de ouro, de valor elevado e de grande estima da proprietária. Além do roubo, remexeram toda a residência, deixando um rasto de destruição.

A proprietária, uma senhora viúva, com 80 anos, tinha-se ausentado de casa e quando regressou encontrou a vivenda arrombada e assaltada.

Não há testemunhas deste assalto. A GNR esteve no local e tomou conta da ocorrência.

Most Popular Topics

Editor Picks