Famalicão: Cidade mais verde

Concluídas obras de requalificação, o centro urbano de Famalicão passará a ter mais árvores. No decurso dos trabalhos serão plantadas perto de três centenas de novas árvores que se vão juntar às 116 que permanecerão. Apenas duas dezenas serão abatidas dado o seu estado de conservação, enquanto 67 serão transplantadas.

Segundo o projeto, o centro da cidade passará a ter uma área arbórea muito superior à existente, que se juntará aos vários ajardinamentos que se vão espalhar pelos 3000m2 de área de intervenção e que vai incluir ainda a recuperação da margem ribeirinha do Rio Pelhe, junto à antiga Ponte Românica, na extremo nascente Praça Mouzinho do Albuquerque.

Sob o mote “Um novo Centro. Uma Nova Cidade” as obras de reabilitação do centro urbano de Famalicão abrange todo o quarteirão urbano localizado entre as praças D. Maria II e Mouzinho de Albuquerque e ruas adjacentes, dotando-as de mais e melhores zonas sociais e de mais espaços para peões e para os modos de transporte suaves.

A obra, num valor superior a oito milhões de euros, tem comparticipação do Norte 2020, através do programa FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Calendário: Máquina de grandes dimensões perde sustentação e provoca estragos em carros

Pelo menos duas viaturas ficaram danificadas, na sequência de um incidente com uma máquina de grandes dimensões, instalada na Rua Mário de Sá Oliveira, na freguesia de Calendário, em Vila Nova de Famalicão.

Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, a situação aconteceu por volta das 10h30, numa altura em que a máquina estava a ser utilizada para dar apoio a uma obra num dos edifícios daquela zona.

Por razões ainda desconhecidas, a máquina terá perdido sustentação e acabou por virar.

Não há feridos a registar, apenas estragos em duas viaturas.

A PSP foi chamada ao local.

Most Popular Topics

Editor Picks