Escola D. Maria II protesta contra antena de telecomunicações

https://www.facebook.com/radiocidadehoje/videos/2830631100301831/?__xts__%5B0%5D=68.ARB9n8QOrgdhc-h2KQcDSiaEnd3WpPjW4YQR0sX9dULHZNueSO-5ZO03W_q-M0di59Ue3leaLLuVbJNxLLHuLVde1O7VjXheTe23gRP80-YWQwiNSZr0NN2O8zq65Wzawk4xguWhxFgyZ68d3SMMAorIuulDZUfBnDOGfrMtlM-1DYxtZkfQbg8zjo0dW6yvIPCk4tIq2BS15ma-gkN6GlC_uR5A9f03aidZfdfQIQyVkOExJ3blSRBOjhBrY__wPjOUB_x4mJxOXkSPaSpTX2gPiDgnIWIP1xY9Iyr0WpkSghUFwKiQyccfnZKdLFUes4Lqf1pDfiaZrf8sOqZCZvMsIbGq9EBzT1pVIQ&__tn__=-R

Alunos, pais e professores da Escola D. Maria II protestaram, na manhã desta sexta-feira, em frente ao Lar S. João de Deus, em Gavião. Estão contra a instalação de uma antena de telecomunicações no terreno da Santa Casa da Misericórdia, que fica a escassos metros da escola.

Centenas de alunos, com pais e professores, pedem que a antena, instalada no início do mês, não entre em funcionamento. A comunidade escolar teme radiações prejudiciais à saúde.

O professor Sérgio Rodrigues lembra que a Organização Mundial de Saúde e o Instituto Ricardo Jorge desaconselham a instalação deste tipo de antenas junto a escolas. A mesma preocupação existe da parte dos pais. Iolanda Sá, mãe de uma menina do 6.º ano, juntou-se à manifestação por recear que a antena prejudique a saúde das crianças.

A Câmara Municipal assume que recebeu o pedido de licenciamento para a instalação da antena e que a mesma cumpre os requisitos legais nacionais para este tipo de estrutura. No entanto, e dado o alarme social provocado, solicitou um parecer à Direção Geral da Saúde. Quando o tiver, sabe o CIDADE HOJE, tomará uma posição.

Contactado pelo CIDADE HOJE, o Provedor Rui Maia deu conta que no próximo dia 19, a Santa Casa da Misericórdia de Famalicão, a Câmara Municipal e a NOS vão reunir e, posteriormente, emitir um comunicado com esclarecimentos sobre a instalação desta antena. Mas, desde já, Rui Maia informa que a operadora NOS, a entidade responsável, é detentora de todos os licenciamentos necessários para a instalação desta estrutura. Adianta, ainda, que há pareceres jurídicos que garantem a legalidade do processo.

Apagão na NOS: Serviços começaram a ser repostos

Milhares de clientes da operadora NOS estiveram, durante grande parte da manhã e início de tarde desta terça-feira, sem acesso a uma série de serviços na rede móvel e fixa.

Apesar de não existir nenhuma comunicação oficial por parte da operadora, há relatos de clientes que já conseguiram fazer o uso dos serviços, embora os mesmos se encontrem a funcionar de forma intermitente.

Há registo de falhas em todo o país mas, e de acordo com o site “down detector”, os problemas intensificaram-se mais na região norte de Portugal e nos grandes centros urbanos.

Most Popular Topics

Editor Picks