Famalicão: Feiras de Joane, Landim, S. Mateus e Riba de Ave também se realizam

Segundo despacho do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, as feiras e mercados de levante realizados em Joane, Landim, Oliveira S. Mateus e Riba de Ave, também se podem realizar, desde que verificadas as condições de segurança e o cumprimento das orientações definidas pela Direção-Geral da Saúde, designadamente a existência de um Plano de Contingência devidamente divulgado.

Nestas feiras e mercados a fiscalização do cumprimento das regras de funcionamento compete, em primeira instância, à GNR e à Polícia Municipal.

Os presidentes de Junta de Freguesia devem solicitar a estas forças de segurança o reforço do dispositivo de prevenção e fiscalização da utilização de máscara no espaço público, do distanciamento social e demais medidas de segurança definidas quer no Plano de Contingência, quer nas orientações da Direção-Geral de Saúde

Famalicão: Câmara mantém realização da feira semanal e mercado

A feira semanal de Vila Nova de Famalicão, que se realiza todas as quartas-feiras, vai continuar a realizar-se. Na sequência da publicação em Diário da República esta segunda-feira, da resolução do Conselho de Ministros n.º 92-A/2020, que concede aos municípios a responsabilidade de autorizar a realização das feiras e mercados de levante nos seus territórios, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, através de despacho emitido na manhã desta terça-feira, autorizou a realização da feira semanal e o funcionamento do mercado municipal por estarem «verificadas as condições de segurança e o cumprimento das orientações definidas pela Direção Geral de Saúde».

No mesmo despacho, Paulo Cunha assume que quer na feira, quer no mercado será solicitado à Polícia de Segurança Pública e à Polícia Municipal um reforço da prevenção e fiscalização da utilização de máscara no espaço público por parte dos consumidores e vendedores, verificação do distanciamento social e outras medidas de segurança definidas quer no Plano de Contingência, quer nas orientações da Direção Geral de Saúde.

Sobre as feiras e mercados de levante realizados em Joane, Landim, Oliveira S. Mateus e Riba de Ave, a posição da Câmara Municipal é similar, ou seja, é autorizada a sua realização, verificadas que estejam as condições de segurança e o cumprimento das orientações definidas pela DGS, designadamente a existência de um Plano de Contingência devidamente divulgado.

Nestas feiras e mercados a fiscalização do cumprimento das regras de funcionamento compete, em primeira instância à GNR e à Polícia Municipal.

Os presidentes de Junta de Freguesia devem solicitar à GNR e à PM um reforço do dispositivo de prevenção e fiscalização da utilização de máscara no espaço público por parte dos consumidores e vendedores, verificação do distanciamento social e demais medidas de segurança definidas quer no Plano de Contingência, quer nas orientações da Direção Geral de Saúde

Os plano de contingência para a Feira e Mercado de Famalicão podem ser consultados aqui: https://www.vilanovadefamalicao.pt/codigos-planos-relatorios-e-regulamentos

Famalicão: Produtores locais vão poder vender na nova praça

A nova Praça – Mercado Municipal de Famalicão vai ter um espaço para os produtores locais venderem os seus produtos agrícolas, agroalimentares e pecuários, mas também para que os famalicenses e habitantes de concelhos limítrofes possam vender os excedentes dos seus quintais e hortas.

As candidaturas para a ocupação do Mercado dos Lavradores arrancam esta quarta-feira, e podem ser efetuadas presencialmente, mediante marcação, no Balcão Único do Município e nas Juntas de Freguesia do concelho, ou através do envio de formulário próprio para o email [email protected] A inscrição é gratuita.

O Mercado dos Lavradores, que funcionará de segunda a sábado, das 07h00 às 13h00, destina-se aos pequenos produtores, agricultores e criadores que pretendam vender ocasionalmente os seus produtos no Mercado Municipal, mas também aos famalicenses e habitantes dos concelhos limítrofes (Braga, Guimarães, Santo Tirso, Trofa, Povoa de Varzim, Vila do Conde, Barcelos) que queiram vender os excedentes de quintais, hortas, pomares e de pequenos espaços de cultivo.

A periodicidade de venda, a indicação do espaço/terreno onde se localiza a exploração e a indicação dos produtos que pretende vender são alguns dos elementos que devem ser indicados no formulário de inscrição, disponível aqui, na área Administrativo.

Famalicão: Concurso para espaços da nova Praça – Mercado Municipal

A Câmara de Famalicão aprovou, esta quinta-feira, em reunião do executivo, a abertura dos concursos públicos para a concessão de espaços comerciais no novo mercado.

Paulo Cunha, presidente do município, diz que a obra de reabilitação do espaço decorre conforme o previsto mantendo a previsão de abertura para janeiro do próximo ano

Serão abertos cinco concursos públicos para os espaços disponíveis: uma loja exterior, um restaurante, cinco espaços de restauração, quatro de talho e outros negócios e seis espaços de bancas.

F.C.Famalicão com mais um reforço do Nice: Racine Coly

Racine Coly é a mais recente aquisição do Futebol Clube de Famalicão. O defesa esquerdo, de 24 anos, atuava no Nice, clube pelo qual somou 10 jogos na corrente edição da Liga Francesa.

Internacional senegalês, Racine Coly deu-se a conhecer nos italianos do Brescia, onde se manteve até à temporada 2017/2018, durante a qual foi recrutado pelo Nice. O defesa teve a oportunidade de disputar vários jogos do principal campeonato gaulês e foi convocado para a seleção principal de Senegal.

Fiquei muito agradado com o desafio lançado pelo FC Famalicão. É um clube que está a destacar-se no futebol português e que tem permitido aos jovens jogadores mostrar as suas qualidades

Inscrições para o Mercado de Natal até 31 de outubro

As inscrições para o mercado de Natal abrem esta sexta-feira e decorrem até 31 de outubro.

Recorde-se que o Mercado de Natal está, habitualmente, instalado na Praça D. Maria II, no período de Natal. Em stands municipais, é possível comprar produtos locais e artesanato.

A ficha de inscrição e as normas de participação estão disponíveis para consulta e levantamento no Posto de Turismo de Famalicão ou no portal do Município, em www.famalicao.pt.

A inscrição poderá ser entregue presencialmente no Posto de Turismo ou através do email[email protected].

No ato de inscrição, é obrigatória a apresentação de comprovativo de atividade e o pagamento da taxa de participação.

Most Popular Topics

Editor Picks