S. Roque cria máquina que produz mais de cem máscaras por minuto

A empresa famalicense S. Roque concebeu e produziu uma máquina capaz de fazer até 120 máscaras por minuto. A Roqmask é completamente automatizada e está já em fase final de testes, podendo ficar disponível já no final de julho.

A S. Roque, empresa líder mundial na produção de máquinas para estamparia têxtil, concebeu a Roqmask em resposta a um desafio lançado pelo CITEVE.

«O CITEVE lançou-nos um desafio que aceitámos de imediato e desde então a empresa está focada neste projeto que irá capacitar Portugal para a produção destes equipamentos de proteção individual», disse Manuel Sá, o diretor executivo da S. Roque em declarações ao T.

Acrescenta este responsável que a máquina foi concebida para fabricar máscaras cirúrgicas Tipo I e Tipo II – modelo A. «É um equipamento completamente automático que produz, através de soldadura por ultrassom, máscaras até 4 layers, com inserção do clip nasal e aplicação do elástico», informou.

Esta empresa famalicense, líder mundial na produção de máquinas para estamparia têxtil, faturou no último exercício cerca de 53 milhões e emprega mais de 500 trabalhadores. A maioria dos seus clientes está na Europa, mas vende também para a África do Sul, Marrocos, Tunísia, Angola, Kuwait, Índia, China, Vietname, Malásia, Cambodja, Rússia, Brasil, Argentina, Peru, Colômbia, Honduras, El Salvador e EUA.

Calendário: Máquina de grandes dimensões perde sustentação e provoca estragos em carros

Pelo menos duas viaturas ficaram danificadas, na sequência de um incidente com uma máquina de grandes dimensões, instalada na Rua Mário de Sá Oliveira, na freguesia de Calendário, em Vila Nova de Famalicão.

Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, a situação aconteceu por volta das 10h30, numa altura em que a máquina estava a ser utilizada para dar apoio a uma obra num dos edifícios daquela zona.

Por razões ainda desconhecidas, a máquina terá perdido sustentação e acabou por virar.

Não há feridos a registar, apenas estragos em duas viaturas.

A PSP foi chamada ao local.

Most Popular Topics

Editor Picks