Polícia Judiciária apreende 825 quilos de cocaína escondida em caixas de bananas

A Polícia Judiciária (PJ) apreendeu 825 quilos de cocaína, com elevado grau de pureza, dissimulada no interior de caixas de bananas, no âmbito do combate ao tráfico de drogas por via marítima, anunciou hoje fonte policial.

A droga “tinha como destino final vários países do continente europeu”, indica a PJ, em comunicado, que envolveu na operação meios da sua Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes e da Diretoria do Norte.

“Esta operação foi desencadeada na sequência de informação recebida de congénere estrangeira, no quadro da cooperação policial internacional”, ainda segundo a PJ, que remeteu a prestação de mais esclarecimentos para a tarde de hoje, na sua sede, em Lisboa.

Detidos em Lisboa dois homens suspeitos de serem autores de assalto violento em Ribeirão

Foram detidos pela PSP, em Lisboa, dois presumíveis responsáveis por um assalto violento em Ribeirão.

Os homens foram capturados numa barricada montada na A1, na zona de Alverca. Eles pertencerão a um grupo que, na noite da passada terça-feira, invadiu uma casa em Ribeirão e agrediu o proprietário da mesma até que ele desse o código do cofre.

O grupo colocou-se em fuga com 16 mil euros em dinheiro, deixando a vítima em estado grave. Parte do gang encontra-se agora detido depois de ter sido intercetado pelas autoridades, na região centro do país.

Alguns documentos levados do cofre acabaram por ser recuperados na sequência desta operação policial.

 

Militares famalicenses recebidos hoje por Marcelo Rebelo de Sousa

Dois militares famalicenses chegam hoje a Portugal de uma missão de paz na República Centro-Africana e serão recebidos pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Hugo Oliveira e Celso Gomes são dois jovens de Arnoso Sta.Maria. Hugo é tenente, com especialidade de cavalaria, e foi comandante de pelotão nesta missão ao serviço das Nações Unidas, Celso é sargento e já serviu Portugal numa missão no Kosovo.

Estes dois famalicenses, que integraram a 5ª força nacional destacada naquele país africano, serão rendidos por um novo contingente do qual faz parte outra famalicense, neste caso, a médica Joana Ramalho.

FAMALICENSE FAZ PARTE DO CONTINGENTE MILITAR QUE PARTIU PARA A REPÚBLICA CENTRO AFRICANA

MÉDICA FAMALICENSE NO GRUPO DE MILITARES QUE VAI PARA O REPÚBLICA CENTRO-AFRICANAJoana Ramalho médica/tenente é uma das 11 mulheres que fazem parte deste grupo de militares. A missão tem uma duração prevista de 6 meses e tem por objetivo assegurar a paz e a ordem neste país africano.Imagens: TVI

Publicado por Cidade Hoje em Quinta-feira, 12 de setembro de 2019

 

 

Trabalhadores de aeroportos realizam concentração na quarta-feira para exigir estacionamento

A iniciativa conta com a participação das comissões de trabalhadores (CT) da Portway e da TAP, além da da Grounforce, e com o Sindicato dos Técnicos de Manutenção e Aeronaves (Sitema) e o Sindicato dos Trabalhadores dos Aeroportos, Manutenção e Aviação (STAMA).

Segundo fonte da CT da Grounforce, os trabalhadores vão concentrar-se, em plenário, junto à entrada do metro no aeroporto de Lisboa, cerca das 11:00, deslocando-se de seguida para o Ministério das Infraestruturas e Habitação, para entregar ao ministro Pedro Nuno Santos o abaixo-assinado “Estacionamento nos Aeroportos, Para os Trabalhadores” com cerca de 2.000 assinaturas.

“Vamos entregar o abaixo-assinado ao Sr. Ministro e exigir a suspensão do pagamento de estacionamento nas zonas limítrofes aos aeroportos até que se encontre uma solução definitiva, bem como o pagamento de indemnização aos trabalhadores pelas multas de estacionamento suportadas desde a privatização da gestão dos aeroportos portugueses”, lê-se num comunicado divulgado pela CT da Grounforce.

Segundo explicou um elemento da CT à agência Lusa, “a ação é transversal a todos os trabalhadores dos aeroportos” e foram convidadas a aderir 17 estruturas representativas dos trabalhadores do setor da aviação e aeroportos.

“A maioria” dos funcionários dos aeroportos trabalha por turnos e, durante a noite, não há transportes públicos e os parques de estacionamento “são caríssimos e estão vazios”, disse a mesma fonte, afirmando que a situação está a dificultar a contratação de pessoal.

Funcionário da Ryanair morre atropelado no aeroporto de Lisboa

Um funcionário da Ryanair morreu, esta segunda-feira, atropelado no aeroporto de Lisboa por um veículo da mesma empresa.

O homem, de 47 anos, morreu no local. Fonte da PSP confirmou ao JN que o acidente aconteceu às 13.05 horas.

“Um agente de pista da Groundlink foi vítima de um acidente fatal durante uma manobra de estacionamento de um autocarro vazio numa zona designada para o efeito no aeroporto de Lisboa”, explicou fonte da Ryanair.

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) disse à Lusa que estiveram no local “uma viatura do Hospital São José, uma ambulância e uma unidade móvel de intervenção psicológica”.

Fonte: JN

Most Popular Topics

Editor Picks