FC Famalicão vai a votos e Jorge Silva lidera lista única

Findo o prazo para apresentação de candidaturas aos órgãos sociais do FC Famalicão, que vai a votos no dia 19 de dezembro, apenas uma lista, liderada pelo atual presidente Jorge Silva, apresenta-se a sufrágio.

Se na presidência da Assembleia Geral e Conselho Fiscal não há grandes novidades, mantendo-se, respetivamente, Rui Maia e André Vieira de Castro, já na direção há algumas alterações.

Jorge Silva leva como vice-presidentes Ricardo Costa, secundados por Paulo Figueiredo (formação), Carlos Sampaio (área financeira), Filipe Silva (infraestruturas e futebol feminino), Marco Carvalho (modalidades) e Luís Miguel Costa (marketing, publicidade, comunicação, sócios).

Mário Almeida, vice-presidente da atual direção, assumirá igual cargo ao lado de Rui Maia, na Assembleia Geral.

A Assembleia Geral Eleitoral decorre no dia 19 de dezembro, no auditório da Universidade Lusíada. As urnas abrem às 18 horas e encerram às 22 horas do mesmo dia.

Jorge Silva recandidata-se «porque há ainda muito trabalho a fazer» no Famalicão

O Futebol Clube de Famalicão vai a eleições no dia 19 de dezembro e o actual presidente assume a recandidatura. Jorge Silva vai a votos porque «há ainda muito a fazer» no emblema famalicense. «Há muitas coisas que iniciamos e estão a meio; ainda há projetos inacabados e muito para dar ao FC Famalicão. Por isso, cá estamos disponíveis, caso os sócios assim o entendam».

Sobre o futuro elenco que vai apresentar, o dirigente diz que é sua vontade que os presidentes da Assembleia e do Conselho Fiscal o acompanhem, bem como «a minha direção. Ainda estão a decorrer conversações, de forma geral, e podemos incluir novos elementos para tornar mais dinâmica a ação diária do clube que não pára de crescer».

Ao FC Famalicão cabe a gestão e definição de toda a estratégia desde as escolinhas aos sub-15, no plano masculino, e no plano feminino, das sub-19 às seniores. «Aqui são todos são iguais e há que reforçar as condições na Academia, que está com a segunda fase de obras». Portanto, destaca Jorge Silva, «estamos a reforçar e a muscular este projeto para que ele atinja, quer no plano masculino quer no feminino, um patamar de excelência».

A par do futebol, o presidente da direção do Famalicão reitera que o futuro pode trazer novas modalidades. Jorge Silva não anuncia, por enquanto, quais as modalidades mas, avança, «já houve conversas e há possibilidades de tornarmos algumas modalidades mais fortes, em conjunto com o Famalicão».

Most Popular Topics

Editor Picks