Famalicão: Semana Internacional para projetar o município

O município de Famalicão vai organizar entre 19 e 24 de outubro a Semana Internacional, para dar visibilidade à internacionalização do município.

Na mesma semana será assinado um memorando entre Famalicão e a cidade de Fort Collins, Colorado, nos Estados Unidos da América. Segundo o vereador da Economia, Inovação e Internacionalização, Augusto Lima, trata-se do reforço das relações diplomáticas que já existem desde 2018, com troca de experiências inovadoras em áreas como ambiente, mobilidade e economia circular.

A cooperação entre Famalicão e cidades estrangeiras tem por objetivos a partilha de boas-práticas, a participação conjunta em conferências, participação em projetos-piloto, oportunidades de investigação conjunta, cooperação industrial e visitas técnicas.

A estratégia famalicense para a internacionalização, Famalicão Alliance, vai além das relações institucionais entre municípios, empresas, universidades; está também incorporada a boa relação entre cidadãos.

Empresas de Famalicão mostram-se em Cuba

As empresas AMOB, CM Socks, Porminho, Bplan (AF Azevedos), Caixiave e Reis & Silva integram a comitiva famalicense que está em Cuba para participar na 37ª FIHAV – Feira Internacional de Havana. O certame começou este domingo e prolonga-se até sexta-feira, 8 de novembro.

A participação do município famalicense nesta que é a maior feira multisetorial das Caraíbas acontece pelo terceiro ano consecutivo, com stand próprio, a convite da Câmara de Comércio Portugal-Cuba e da AEP – Associação Empresarial de Portugal.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, esta é mais uma iniciativa desenvolvida no âmbito da política de internacionalização do município, «abrindo o caminho à promoção das nossas empresas no mercado cubano». Cuba, prossegue Paulo Cunha, iniciou um programa de reformas estruturais «que inclui medidas no sentido da liberalização e abertura à iniciativa privada, através da Lei do Investimento Estrangeiro, que apela ao investimento, com fortes benefícios fiscais, e possibilita a criação de empresas de capital totalmente estrangeiro ou de capital misto ou associações económicas internacionais».

Refira-se que em dezembro de 2018, o município e a Câmara de Comércio Portugal-Cuba celebraram um protocolo de cooperação tendo em vista, entre outras ações, a realização de ações de capacitação empresarial e de informação às empresas sobre oportunidades de negócio e investimento e os instrumentos disponíveis de apoio à internacionalização.

Famalicão recebe 15 delegações internacionais

Arrancou, esta quinta-feira, a semana internacional de Famalicão, com uma cerimónia protocolar de boas-vindas aos convidados nos Paços do Concelho.

Embaixadores, cônsules, professores, empresários e outros representantes de 15 países estão por Famalicão até ao dia 24 de outubro, em visitas, assinatura de protocolos de cooperação e manifestações culturais.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, esta semana é uma oportunidade para projetar Famalicão além-fronteiras. «São sinais de que o nosso concelho começa a ter uma posição internacional. O ano passado foi um dia, agora uma semana, no futuro que seja todo o ano, porque as dinâmicas para serem acertadas têm que ter este nível internacional, esta mundividência».

Um dos pontos altos desta semana internacional é a adesão de mais 25 pessoas ao VNF Alliance. Segundo Augusto Lima, vereador da Economia e Internacionalização, estes subscritores vão ser uma espécie de embaixadores de Famalicão no mundo. «Temos pessoas da cultura, desporto, economia, associativismo, educação e área social. Fomos buscar personalidades de todas as áreas, e todas elas têm alguma relação com o exterior», analisa o vereador Augusto Lima.

Vieira de Castro: Bolachas de Famalicão passam a estar também na Turquia

A famalicense Vieira de Castro, o maior fabricante português de bolachas, amêndoas e rebuçados, continua a alargar o leque de países para os quais exporta os seus produtos.

As bolachas ” made in Famalicão ” estão, desde o segundo trimestre de 2019, na Turquia, fruto de um acordo celebrado entre a empresa alimentar e um grande parceiro Turco.

Nesta primeira fase a Vieira de Castro está a exportar somente bolachas e em exclusivo as “cream crackers”.

Depois da Turquia, o objetivo é continuar com o plano de internacionalização e chegar à América Latina, da Colômbia ao Suriname, ao Brasil e China, onde já decorrem negociações.

 

Most Popular Topics

Editor Picks