Camião ardeu na A3 em Sezures

Um camião ardeu ao quilómetro 37 da A3, sentido Porto – Braga, na freguesia de Sezures, em Vila Nova de Famalicão.

Para combater o incêndio, cujo o alerta terá sido dado por volta das 10h00, foram chamados os Bombeiros Voluntários de Famalicão e Famalicenses.

Não há registo de feridos, apenas danos materiais.

Imagem: Cristiano Fernandes

Dois meios aéreos e bombeiros combatem novo incêndio na Trofa

Um novo incêndio florestal está a deflagrar no concelho da Trofa, na freguesia de Covelas.

De acordo com fonte dos bombeiros locais, o fogo, com duas frentes, está a consumir uma zona de mato próxima àquela ardeu no último fim de semana.

A coluna de fumo é visível a vários quilómetros de distância.

O combate às chamas está a ser feito com a ajuda de dois meios aéreos.
Não há indicação da existência de casas ou pessoas em perigo.

 

Novo incêndio de grandes dimensões em Arnoso Sta Maria

Há um novo incêndio de grandes dimensões na freguesia de Arnoso Sta Maria, em Vila Nova de Famalicão.

Depois de nesta terça-feira as chamas terem consumido uma zona considerável de floresta, surgiu, hoje às 21h00, o alerta para um novo foco de incêndio, também ele de grande dimensões e em zona de mato.

No local estão todos os meios dos Bombeiros Voluntários Famalicenses acompanhados pelos colegas de Riba d’Ave.

Já foi pedida a presença da GNR para garantir a segurança dos populares que possam estar nas proximidades do fogo.

Imagem do fogo visto a partir da igreja da freguesia. Imagem enviada por uma seguidora da Cidade Hoje no facebook.

A temperatura superior a 20 c.º que se faz sentir nesta noite promete ser um grande obstáculo para o trabalho dos soldados da paz.

Bombeiros e Heli. combatem incêndio de grandes dimensões em Arnoso Sta Maria

Vários homens das corporações de bombeiros do concelho de Famalicão, apoiados por um meio aéreo, estão a combater na tarde desta terça-feira um incêndio de grandes dimensões na freguesia de Arnoso Sta Maria.

O incêndio está a deflagrar numa zona de mato. O alerta foi dado por volta das 13h00 sendo que as primeiras descargas de água, feitas através do meio aéreo, aconteceram menos de 15 minutos depois.

Não existem, para já, casas em risco.

Incêndio de grandes dimensões na freguesia de Cabeçudos

Um incêndio está a deflagrar numa zona de floresta da freguesia de Cabeçudos, em Vila Nova de Famalicão.

De acordo com testemunhas, as chamas terão começado por volta das 00.45, no final do fogo de artifício lançado a propósito das festividades que decorrem naquela freguesia.

Para o local já se estão a deslocar mais equipas de bombeiros, numa primeira fase o combate está a ser feito pela equipa dos Bombeiros Voluntários de Famalicão que se encontrava a fazer um trabalho de prevenção naquela festa.

 

 

Fogo de grandes dimensões na Póvoa de Lanhoso obriga a evacuar parque radical

Em declarações à Lusa, fonte do CDOS de Braga explicou que a evacuação foi feita “por precaução” e que as pessoas, cujo número não soube precisar, foram deslocadas para o Centro Social de Serzedelo.

O incêndio estava pelas 11:15 a ser combatido por sete meios aéreos, 158 operacionais e 46 viaturas, sendo o que mais meios mobiliza atualmente em todo o país, segundo a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil (Prociv), que aponta o distrito de Braga como que concentra mais homens e viaturas no combate a incêndios a nível nacional.

A mesma página indica que os 16 incêndios que lavravam em Portugal estão a ser combatidos por um total de 453 homens, 111 viaturas e 13 meios aéreos.

Pelas 10:30, o fogo junto à Diverlanhoso mobilizava cinco meios aéreos, 88 operacionais e 26 viaturas e, pelas 11:00 registou-se um reforço para 108 homens e 31 viaturas.

Poucos minutos mais tarde, pelas 11:10, a página da Prociv, o fogo estava a ser combatido por sete meios aéreos, 158 operacionais e 46 viaturas, de acordo com a mesma página, que apontava ainda o distrito de Braga como o que mais meios concentrava no combate a incêndios a nível nacional.

De acordo com a página da Prociv, pelas 11:15, o distrito de Braga tinha quatro incêndios, combatidos por um total de 208 homens, 57 viaturas e sete meios aéreos.

Em declarações à Lusa pela mesma hora, fonte do CDOS de Braga indicou que lavravam no distrito de Braga “quatro incêndios”, três dos quais na Póvoa de Lanhoso.

A mesma fonte indicou que o fogo que levou à evacuação do Diverlanhoso tinha “duas frentes ativas” em zona de “floresta” na freguesia Fonte Arcada e Oliveira, mas sem colocar em risco habitações ou o parque radical.

Most Popular Topics

Editor Picks