Famalicão: Nine avança com construção de parque de estacionamento junto à igreja

A freguesia de Nine vai avançar, muito brevemente, com a construção de um parque de estacionamento junto à igreja e à capela mortuária. Este foi um dos projetos que o presidente da Câmara foi analisar, numa visita que efetuou à freguesia esta quarta-feira.

«É uma obra necessária e que será muito funcional para Nine, indo de encontro às ambições da população», referiu Paulo Cunha.

A autarquia de Nine tem feito também obras de beneficiação na rede viária, onde já investiu cerca de 165 mil euros. Em destaque, a Rua dos Caçadores, uma artéria importante da freguesia.

Nesta visita, o autarca passou pela Associação Desportiva Ninense que tem, neste momento, a decorrer um conjunto de intervenções para a concretização de um campo de futebol 7, obras que contaram já com o apoio municipal no valor de 60 mil euros.

Além da visita às principais obras que decorrem na freguesia, Paulo Cunha teve a oportunidade de conhecer as ambições que Nine acalenta para o futuro, nomeadamente um espaço polivalente para as diversas gerações; entretanto, o parque lúdico e desportivo vai receber as árvores que o vão tornar mais verde.

Famalicão: A “obra do século” nasce em Oliveira Santa Maria

As obras de reabilitação e ampliação da zona envolvente ao Mosteiro de Oliveira Santa Maria, que estão a decorrer e que vão tornar esta área num cartão de visita obrigatória da freguesia, são vistas pelo autarca local como «a obra do século».

Delfim Machado Abreu deu nota da sua satisfação a Paulo Cunha, durante a visita de trabalho que o autarca efetuou esta quarta-feira à freguesia. Acompanhados pelo vereador das freguesias, Mário Passos, os autarcas percorreram várias zonas da localidade, falaram sobre novos investimentos e projetaram o futuro.

Depois de um investimento de 23 mil euros para as obras na zona envolvente à igreja paroquial, o presidente da Câmara levou a garantia de um novo investimento municipal de quase 150 mil euros para a segunda fase. O anúncio deixou o Delfim Abreu «muito satisfeito». Os trabalhos incidem essencialmente na pavimentação do espaço com granito amarelo, na plantação de dezena e meia de árvores, entre outros melhoramentos.

Paulo Cunha elogiou a obra «que, para além da sua utilidade, corresponde a uma ansiedade da população que vê assim esta importante intervenção concretizada».

Para além desta obra, o município investiu no último ano cerca de 40 mil euros na rede viária com destaque para as obras de pavimentação na rua Vista Alegre, Avenida do Mosteiro e Cruz da Estrada.

Famalicão: Arrancaram as obras no adro da igreja de Lemenhe

Arrancaram as obras de requalificação do adro da igreja de Lemenhe. O presidente da Câmara Municipal de Famalicão de Famalicão lançou, no domingo, a primeira pedra. Na ocasião, Paulo Cunha realçou a importância da obra para a comunidade. «Os adros das igrejas não servem só para atos litúrgicos. São espaços de acolhimento e autênticos centros cívicos e esta obra vem dignificar esta área que não estava com as condições que desejávamos», referiu Paulo Cunha.

Pelas palavras do presidente da Junta, Carlos Alberto Fernandes, se percebe a importância da empreitada. «Com esta obra, a igreja e esta zona envolvente vão ganhar uma nova vida», realçou. Mas referiu que depois desta intervenção fica ainda por concretizar o projeto da nova Casa Mortuária da freguesia. «Vamos continuar a trabalhar para que as coisas aconteçam», referiu.

Este arranjo do adro vem completar um conjunto de intervenções naquela zona central da freguesia. A obra representa um investimento municipal na ordem dos 80 mil euros e vem juntar-se a um conjunto de intervenções já efetuadas nesta zona central da freguesia, nomeadamente no que diz respeito à rede viária e à Igreja de Lemenhe, cuja requalificação ainda decorre.

Famalicão: Arrancam as obras no adro de Vale S. Martinho

O presidente da Câmara de Famalicão visitou, na terça-feira, a freguesia de Vale S. Martinho. Um dos locais de passagem foi a zona do adro da igreja e espaço envolvente onde vão nascer novos equipamentos e um parque de estacionamento que melhorará a acessibilidade. O apoio municipal é de cerca de 85 mil euros.

Acompanhado pelo vereador das freguesias, Mário Passos, e pelo presidente da Junta, Manuel Oliveira, Paulo Cunha referiu-se à obra «como ansiada pela população de Vale S. Martinho. O espaço estava bastante degradado e não dignificava a freguesia», pelo que acredita que a população vai sentir orgulho no resultado desta intervenção.

O presidente da Câmara visitou ainda a sede da Junta de Freguesia que irá receber obras de reabilitação. «Trata-se de um edifício antigo, sem condições para dar resposta às necessidades dos tempos atuais do poder local», analisou Paulo Cunha, garantindo apoio municipal à obra.

A rede viária também foi alvo de análise durante esta visita dos autarcas, nomeadamente a pavimentação de diversas ruas e arranjo de passeios. Novidade é que ainda durante o ano de 2020 deverá arrancar a requalificação da rua de Ancede.

Famalicão: Obras no adro da igreja de Lemenhe

O adro da igreja de Lemenhe vai sofrer obras de requalificação. Com um prazo de execução de seis meses, está previsto movimentação de terras, construção de muros, pavimentação, escadas revestidas a lajeado de granito, tratamento de espaços verdes.

Para ajudar a custear as obras, o município de Famalicão vai comparticipar com 76.500 euros. O apoio foi aprovado na reunião de Câmara desta quinta-feira.

Mensagem do Papa na missa de Natal: “Agradecer é a melhor maneira de mudar o mundo”

O Papa Francisco proferiu esta terça-feira à noite a sua habitual homilia da noite de Natal, na qual defendeu o “amor incondicional” e “livre” contra a lógica do mercado.

“O Natal lembra-nos que Deus continua a amar a todos, até os piores. O amor dele é incondicional e grátis, mesmo que as pessoas possam ter ideias erradas ou possam ter feito o pior absurdo”, afirmou o líder da igreja católica perante milhares de fiéis reunidos na Basílica de São Pedro, em Roma.

O Papa sublinhou que a “gratuidade desse tipo de amor espalha paz e alegria” contra um mundo actual em que “tudo parece responder à lógica de dar por ter”.

Francisco também pediu aos fiéis para que não se esquecessem de “agradecer”, observando que “essa é a melhor maneira de mudar o mundo”.

Lusa / Público

Most Popular Topics

Editor Picks