Trofa: Prisão preventiva para homem suspeito de aterrorizar mulher com machado

Vai ficar em prisão preventiva o indivíduo de 47 anos, da Trofa, indiciado por atacar a sua mulher com uma ferramenta usada para cortar lenha.

Em comunicado a GNR relata que o suspeito, “injuriava, aterrorizava e ameaçava de morte a vítima, sua esposa, de 39 anos, exigindo obediência e dinheiro. No último episódio de violência, o suspeito terá atacado a vítima com um machado”.

Mais adianta que o sujeito destruiu todo o interior da residência, “deixando um cenário de grande violência e terror”.

O homem, com antecedentes criminais, foi detido no início da semana, vai aguardar julgamento em prisão preventiva.

Oliveira Sta Maria: Homem encontrado morto em casa

Um homem, com 52 anos, foi encontrado sem vida na tarde desta segunda-feira, na casa onde habitava, na Urbanização de Cimo de Oliveira, em Oliveira Sta Maria.

O alerta para os bombeiros aconteceu cerca das 16h30. Chegados ao local, os Bombeiros Voluntários de Riba d’Ave, a SIV e a VMER do Centro Hospitalar do Médio Ave já pouco conseguiram fazer para reverter o estado de saúde do homem.

O óbito foi declarado no local e o corpo transportado pelos Bombeiros Famalicenses para a morgue de Famalicão.

A vítima era irmão do presidente de uma junta de freguesia do concelho de Vila Nova de Famalicão.

A GNR esteve no local mas o caso passou para a alçada da Polícia Judiciária que agora investiga.

Homem encontrado morto esta madrugada em Calendário

Um homem de nacionalidade estrangeira e com cerca de 40 anos foi encontrado sem vida na habitação onde residia, na noite de segunda / madrugada de terça – feira, na freguesia de Calendário, em Vila Nova de Famalicão.

Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, esta situação aconteceu pouco depois das hora do jantar e prolongou-se com as perícias das autoridades para lá da uma da manhã, na Rua de Passos. Para o local foram acionados os Bombeiros Voluntários de Famalicão que já pouco conseguiram fazer para reverter o estado de saúde do indivíduo.

Os bombeiros famalicenses deslocaram-se à moradia para assegurar o transporte do cadáver para a morgue de Famalicão.

As autoridades, GNR e Policia Judiciária, também foram chamadas ao local mas concluíram que o caso não se trata de um crime.

Bombeiros de Riba de Ave evitam mais uma tragédia na VIM

Um jovem, de 29 anos, terá tentado por termo à vida na VIM. Foi impedido pelos BV de Riba de Ave que, entretanto, foram alertados por um familiar.

A situação aconteceu ao início da tarde desta sexta-feira, junto à VIM, em Oliveira Santa Maria. O jovem terá manifestado as suas intenções, via telefone, a uma pessoa próxima que, de imediato, alertou a corporação ribadavense, dando indicações sobre o eventual paradeiro do jovem.

Os BV de Riba de Ave conseguiram demovê-lo das suas intenções. Evitado o pior, foi encaminhado para uma unidade de saúde.

Para além de uma ambulância dos BV Riba de Ave, com dois homens, a GNR também esteve no local para tomar conta da ocorrência.

Recorde-se que já no passado fim de semana, no mesmo local, foi encontrada uma pessoa sem vida.

Homem encontrado morto na ponte da VIM em Oliveira Sta Maria

 

Homem que tentou matar mulher num bar em Famalicão já começou a ser julgado

O Tribunal de Guimarães começou na quarta-feira a julgar um homem de 43 anos acusado de ter tentado matar por asfixia uma mulher num bar em Pedome, Famalicão, por causa de uma paixão não correspondida.

Em resultado das agressões, a vítima, de 37 anos, sofreu perda total da visão e perda parcial grave da audição, além de “dano estético importante”.

Ficou com incapacidade total para o trabalho.

O arguido responde pelos crimes de homicídio agravado, na forma tentada, e de roubo agravado.

Segundo a acusação, a que a Lusa teve acesso, os factos ocorrem na tarde de 03 de julho de 2018, num bar explorado pela vítima e onde o arguido trabalhava à noite.

O arguido “foi manifestando intenção de namorar” com a vítima e ficou “obcecado” por ela, dizendo mesmo a amigos e colegas de trabalho que ela era sua namorada.

No entanto, a vítima nunca aceitou qualquer relacionamento com o arguido.

No dia dos factos, numa altura em que estava sozinho com a vítima no bar, o arguido, e ainda segundo a acusação, decidiu matá-la, tendo agredido a vítima em várias partes do corpo e com vários objetos. Por fim, tentou asfixiá-la. A vítima fingiu estar morta e só então o arguido desistiu das agressões.

Tirou 200 euros que a vítima tinha no bolso, levou-lhe um telemóvel e ainda 80 euros que havia na caixa e abandonou o bar, trancando todas as portas.

A vítima conseguiu arrastar-se até uma janela e gritou por auxílio, tendo sido socorrida pela GNR e bombeiros.

Braga: Homem mata mulher à facada

Um homem, com cerca de 50 anos, matou a companheira de 48 à facada, cerca das 22h00 desta quarta-feira, nas imediações do tribunal de Braga.

A informação está a ser avançada pela imprensa nacional que adianta que o crime aconteceu num contexto de violência doméstica.

O homem entregou-se de seguida na esquadra mais próxima, a cerca de 100 metros de distância, e terá confessado o crime.

A PJ investiga.

Most Popular Topics

Editor Picks