Famalicão: Câmara Municipal planeia estratégia de habitação global para o concelho

O município de Famalicão estabeleceu um protocolo com a Faculdade de Arquitetura do Porto com o objetivo de planear uma estratégia de habitação global para o território famalicense. Para a habitação e para a reabilitação urbana, que qualifique o território e ao mesmo tempo potencie o bem-estar social.

Esta Estratégia Local de Habitação inicia-se com o projeto ‘Habitar’ que informa a população das ferramentas disponíveis para aceder a uma habitação a custo justo e a acompanhar a sua implementação; a diagnosticar e transmitir às instituições eventuais falhas nas ferramentas previstas e a mapear as necessidades que não estão cobertas pelos programas existentes.

Este plano aborda também os problemas e necessidades concretas da comunidade, como a capacidade de intervenção das entidades públicas e privadas de âmbito social que nela operam.

Recorde-se que a plataforma online reúne toda a informação sobre os programas de apoio à habitação existentes a nível nacional e municipal e que está alojada no portal oficial da autarquia. Nesta plataforma é ainda possível solicitar um atendimento personalizado ajustado a cada tipo de problema. O atendimento é feito depois através do Gabinete de Apoio à população e de promoção de acesso à habitação condigna, que prevê duas vertentes principais de atuação: por um lado, prestar apoio técnico a inquilinos e proprietários, e, por outro lado, facilitar o contacto entre o tecido social e a equipa de planeamento, constituída por arquitetos e investigadores da FAUP. O gabinete está a funcionar no departamento de ação social do município e as marcações podem ser feitas através da plataforma https://www.famalicao.pt/habitar-famalicao

 

Habitar Famalicão reúne todos os apoios à habitação

Em www.famalicao.pt/habitar-famalicao encontra toda a informação sobre os programas de apoio à habitação existentes a nível nacional e municipal.

Nesta nova plataforma – Habitar Famalicão -, para além dos programas municipais da Casa Feliz que inclui apoio à renda e a obras, e habitação municipal, também tem acesso aos programas estatais de Arrendamento Acessível; Reabilitar para Arrendar e Porta 65 – Arrendamento Jovem. Existem, ainda, apoios específicos no âmbito da Covid 19, nomeadamente para famílias que perderam rendimentos.

A plataforma permite ainda uma participação ativa dos munícipes através da resposta de inquéritos que serão tidos em conta na estratégia local para a habitação.

Habitar Famalicão é uma iniciativa dinamizada pelo município de Vila Nova de Famalicão em parceria com a Relatos Quotidianos-Associação que, em articulação com a Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, irá contribuir para facilitar o acesso dos famalicenses a uma habitação condigna e a custo justo.

A iniciativa terá duas funções; apoio técnico a inquilinos e proprietários; e facilitar o contacto entre o tecido social e a equipa de planeamento que vai desenvolver uma Estratégia Local de Habitação para o Município e um Programa Estratégico de Reabilitação Urbana para Riba d’Ave e Oliveira de São Mateus.

Lousado: Incêndio em habitação deixa idoso desalojado

Um homem, com 83 anos de idade, ficou desalojado depois de um incêndio que deflagrou na moradia onde residia, no complexo habitacional de Lousado.

Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, o fogo, que deflagrou ao final da tarde desta sexta feira, ficou circunscrito à área do quarto onde a vítima dormia.

O combate às chamas esteve a cargo dos Bombeiros Voluntários Famalicão.

Os serviços sociais da câmara de Famalicão trataram do alojamento provisório da vítima.

Calendário: Bombeiros chamados para incêndio em habitação

Os bombeiros voluntários de Famalicão foram chamados, na manhã desta segunda-feira, para um incêndio numa habitação, na freguesia de Calendário.

O alerta para a situação, que se verificou na Rua Fontes Pereira de Melo, foi dado por volta das 07h20, e para o local foi acionado um meio e quatro operacionais.

De acordo com informações avançadas pela corporação de bombeiros, em pouco tempo o incêndio entrou em fase de resolução, não havendo feridos a registar, apenas danos materiais.

A PSP também se encontra no local.

Câmara de Famalicão ajuda cinco famílias com problemas na habitação

Mais cinco famílias famalicenses vão receber ajuda da Câmara Municipal, no âmbito do programa Casa Feliz. Um apoio financeiro para obras na habitação, que podem chegar aos 5 mil euros por família.

São famílias da Carreira, de Vale São Cosme, Avidos, Delães e Vale S. Martinho.

Na maioria, são obras relacionadas com cobertura e isolamento das habitações, mas há também casos de adaptação dos espaços a pessoas com mobilidade reduzida.

Nesta última quinta-feira, em reunião de Câmara, o apoio às famílias chega ao montante global de 22.948 euros.

Most Popular Topics

Editor Picks