Oliveira S.Mateus: GNR detém casal apanhado a roubar metais em fábrica

A GNR de Riba d’Ave deteve, esta quarta-feira, um casal de 38 e 31 anos, pelo crime de furto de metais não preciosos.

A dupla foi apanhada no âmbito de uma ação dos militares que detetou o casal no interior de uma fábrica, em Oliveira S.Mateus. Os detidos foram surpreendidos já no exterior do edifício, enquanto carregaram o material furtado.

Os detidos foram constituídos arguidos e os factos comunicados ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.

 

Fradelos: Condutor despista-se e abandona o carro na via pública

Uma carro sinistrado foi deixado na via pública, na madrugada deste sábado, na freguesia de Fradelos, em Vila Nova de Famalicão.

O acidente aconteceu na Rua Dona Maria I. Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, a Cruz Vermelha de Ribeirão foi chamada ao local mas o condutor recursou ser transportado ao hospital.

A viatura foi encontrada às primeiras horas da manhã por populares que, entretanto, já denunciaram o caso. A GNR deverá deslocar-se ao local para, através dos elementos de identificação presentes no automóvel, chegar até ao proprietário.

Arnoso: Acidente condiciona o trânsito na N14

Uma colisão entre dois veículos ligeiros está a condicionar o trânsito na N14, na zona de Arnoso Sta Maria, em Vila Nova de Famalicão.

Do sinistro há a registar um ferido ligeiro, assistido no local pelos Bombeiros Voluntários Famalicenses, mais tarde transportado para a unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

A GNR tomou conta da ocorrência.

Acidente: Despiste seguido de capotamento em Requião

Uma pessoa ficou ferida na sequência de um acidente de viação, registado cerca das 12h20 desta sexta-feira, na freguesia de Requião, em Vila Nova de Famalicão.

O sinistro, um despiste seguido de capotamento, registou-se na Avenida da Liberdade.

A vítima, com ferimentos considerados ligeiros, foi encaminhada para a unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

O socorro foi prestado pelos Bombeiros Voluntários de Famalicão.

GNR tomou conta da ocorrência.

Detido presumível responsável por ter roubado carro que abandonou em Famalicão

Foi detido pela GNR, em Vila Nova de Gaia, o presumível autor do crime de furto de uma viatura deixada ao abandono, no último fim de semana, na freguesia de Cruz, em Vila Nova de Famalicão. O carro foi roubado no Porto, tendo sido localizado este domingo por populares na N14, sem bancos e com a ignição ligada.

O suspeito é um homem de 34 anos que já estava a ser investigado há 5 meses. Foi detido na sequência de mais um crime de carjacking, a uma condutora em Vila Nova de Gaia, no passado dia 27 de janeiro.

Além destes crimes, o detido, que já tem antecedentes criminais, responde ainda por utilização de matrículas falsas e abastecimentos de combustível sem efetuar pagamento.

Recorde a notícia:

Carro roubado no Porto é encontrado em Famalicão sem bancos e com a ignição ligada

Jorge Paulo Oliveira defende criação do Subdestacamento Territorial da GNR de Famalicão

Jorge Paulo Oliveira voltou a defender, na manhã desta quarta-feira, na Assembleia da República, a criação do Destacamento Territorial da GNR de Vila Nova de Famalicão. No entanto, o deputado do PSD admite que a materialização da estrutura apresenta dificuldades várias, pelo que defendeu perante Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, uma solução intermédia – a criação do Subdestacamento Territorial de Famalicão.

O eleito famalicense diz que a dimensão territorial, populacional, económica e social do município mais do que justifica a criação daquela estrutura, que, a seu ver, permitiria a desvinculação dos três Postos dos Comandos Territoriais existentes – Joane, Riba de Ave e Famalicão – da tutela do Destacamento de Barcelos da GNR.

Esta desvinculação, ainda segundo Jorge Paulo Oliveira, permitiria reforçar o quadro de efetivos e avançar para a reabilitação do atual posto da GNR de Famalicão que, dos três que o município dispõe, é o que apresenta maiores problemas em termos de conservação dos espaços.

Esta não é a primeira vez que o deputado do PSD desafia o ministro da Administração Interna a revelar a disponibilidade do Governo para a criação desta estrutura que traria para o concelho unidades importantes como o Núcleo de Investigação Criminal e o Núcleo de Proteção do Ambiente. Jorge Paulo Oliveira chegou mesmo a dizer que, se na discussão do Orçamento do Estado do ano passado, quando questionado o ministro nada disse, também agora, Eduardo Cabrita não se pronunciou.

Most Popular Topics

Editor Picks