Koffi Kouao chega da primeira liga para o F.C.Famalicão

Koffi Kouao, lateral direito de 20 anos e que na última temporada jogou na Primeira Liga ao serviço do Moreirense, é reforço do Futebol Clube de Famalicão para 2018/2019.

O jogador da Costa do Marfim chegou a Portugal para jogar na equipa SUB 19 do FC Vizela onde as suas qualidades suscitaram o interesse do Moreirense, para onde foi chamado a jogar na Primeira Liga, representando 15 vezes a formação dos ‘Cónegos’.

Koffi Kouao vem para o FC Famalicão a título de empréstimo por uma temporada (cedido pelo Vizela), com opção de compra do passe no final da época.

Rafael Defendi é mais um reforço do F.C.Famalicão

O Futebol Clube de Famalicão assegurou a contratação de Rafael Defendi, guarda-redes brasileiro, há quatro temporadas a jogar em Portugal ao serviço do FC Paços de Ferreira.

Rafael Defendi já trabalha desde a passada semana com os restantes companheiros e mostrou a satisfação pela forma como foi recebido. “O Ricardo, meu capitão na última época, deu-me a conhecer rapidamente os cantos da casa e falou-me do ambiente especial que os sócios do FC criam em cada jogo” começou por dizer o experiente guarda-redes.

Sobre o ingresso no FC Famalicão Rafael Defendi disse que “O que mais me seduziu foi o projeto de crescimento desportivo que o clube me apresentou e a minha vontade de trabalhar muito para ajudar na defesa desses objetivos”.

O contrato de Rafael Defendi é válido para as próximas duas temporadas.

Filipe Oliveira é reforço do F.C.Famalicão

O Futebol Clube de Famalicão assegurou a contratação de Filipe Oliveira, jogador de 24 anos, que representava o Marítimo, para as próximas duas temporadas.

Filipe Oliveira atua como médio, de pé esquerdo, terminou a formação no Benfica e depois transferiu-se para a Madeira, onde no último ano fez 15 jogos pela equipa treinada por Daniel Ramos. Foi precisamente do treinador que ouviu boas referências do Futebol Clube de Famalicão.

“Ainda antes de sequer equacionar vir para cá jogar já havia escutado elogios ao clube e aos seus adeptos. Quando surgiu a oportunidade de poder vir para cá fiquei entusiasmado com a ideia e agora estou ansioso de comprovar no estádio aquilo que me foi dado a conhecer, de uma massa adepta exigente, muito próxima e que nos acompanha para todo o lado”, disse o novo jogador do FC Famalicão.

Filipe Oliveira alternou na última temporada atuações na equipa principal do Marítimo e na formação secundária, com 26 jogos realizados.

O Futebol Clube de Famalicão inicia este domingo estágio em Melgaço, onde a equipa fica a trabalhar até sexta-feira.

Ricardo Silva regressa ao Futebol Clube de Famalicão 16 anos depois

“Passaram muitos anos mas esta sempre foi uma hipótese que coloquei e por isso muito feliz por aqui voltar”. Estas foram as primeiras palavras de Ricardo Silva, defesa central que jogou no FC Famalicão até ao Verão de 2002, apenas uma temporada mas suficiente para criar relações familiares para a vida.

Ricardo chega do Paços de Ferreira e volta cheio de ambição, já trabalha às ordens de Sérgio Vieira, tendo já cumprido os primeiros minutos no jogo particular que o FC Famalicão realizou este sábado em Vila do Conde frente ao Rio Ave FC que terminou empatado a um golo.

FC Famalicão confirma entrada de Quantum Pacific Group na SAD

Em comunicado emitido esta sexta-feira, o FC Famalicão confirmou a notícia avançada na última edição do CIDADE HOJE, da aquisição de 51 por cento do capital da Sociedade Anónima Desportiva, por parte do Quantum Pacific Group, cujo principal acionista é Idan Ofer.

O FC Famalicão fala num novo parceiro «que traz uma alteração no paradigma de gestão do futebol profissional», tendo como meta colocar o clube entre os melhores nacionais. Esta alteração traz, também, Miguel Ribeiro, o novo CEO do clube, um famalicense que depois de 7 anos de funções no Rio Ave FC, «traz a experiência e conhecimento para o projeto de evolução que se pretende concretizar».

O novo responsável máximo pela gestão de toda a estrutura do FC Famalicão está «entusiasmado» com o desafio, tanto mais que Vila Nova de Famalicão é terra onde nasceu e cresceu. Miguel Ribeiro sente-se «honrado e responsabilizado com a possibilidade de participar de uma história única no futebol português». Assume a «absoluta confiança» de que estão reunidas «todas as condições para que se possa alcançar o sucesso», pois, a seu ver, «foi possível juntar um investidor prestigiado e credível de dimensão mundial a um clube com um potencial de desenvolvimento enorme».

Vila Nova de Famalicão é, para o novo CEO, «uma terra de gente apaixonada pelo seu clube, seguramente capaz de ajudar a colocá-lo entre os melhores do futebol português». É esse, garante, o objetivo «que vamos perseguir a partir de hoje, com profissionalismo reforçado, ambição firme e uma paixão absoluta».

O novo Conselho de Administração é composto por três elementos: o presidente do clube, Jorge Silva, pelo representante do Quantum Pacific Group, Amit Singh, e integra ainda Miguel Ribeiro.

O presidente do clube, Jorge Silva, também prevê o sucesso, mas recorda que foram longos meses de negociação com a Quantum Pacific que, agora, se concluem. «Quando nós, direção do Futebol Clube de Famalicão, decidimos procurar parceiros para alavancar o crescimento que todos julgamos necessário para a afirmação no panorama do futebol nacional. Definimos o perfil de quem connosco queríamos. Procuramos parceiros que se identificassem com os valores do clube e dos seus 86 anos de história, com uma filosofia ganhadora, e que assumissem um caminho de crescimento, mantendo a identificação à nossa massa adepta, ao concelho, e que nos dessem garantias de que este caminho seria trilhado».

A experiência adquirida pelo Quantum Pacific na gestão no futebol e no meio empresarial é, para a direção, «uma referência, que sustenta a nossa escolha. E o caminho que, em conjunto, delineamos, assenta no princípio de que Futebol Clube de Famalicão é uma marca identificativa das suas gentes; um património que está enraizado, que vamos potenciar e vai levar-nos à afirmação e ao reconhecimento que todos almejamos». Assim, prossegue Jorge Silva, «vamos continuar e crescer, com o know-how e o valor acrescentado que os nossos parceiros nos trazem».

Amit Singh, do Quantum Pacific, fala entusiasmado sobre este novo projeto. «Quando nos apercebemos que o FC Famalicão procurava investimento, ficamos de imediato interessados, pois o clube tem todas as possibilidades para ser uma grande equipa com a sua base de adeptos leal e apaixonada e com a sua história orgulhosa», acreditando «que há uma tremenda oportunidade de fazer crescer este clube para uma presença constante e sustentável no futebol português. Estamos honrados de ter sido tão bem recebidos no clube e esperamos ansiosamente atingir o sucesso em conjunto».

O Quantum Pacific Group é um grupo internacional de negócios e investimento em diferentes áreas e detém indústrias tão diferentes como companhias de navegação, geração de energia, refinação de petróleo, produção automóvel e, mais recentemente, tem investido no desporto. É, por exemplo, acionista no Atlético de Madrid desde novembro de 2017 onde, presentemente detém 32% do clube espanhol.

F.C. Famalicão reúne este sábado em Assembleia Geral Extraordinária

O Futebol Clube de Famalicão realiza este sábado, 23 de junho, às 18h00, na Academia do FC Famalicão uma Assembleia Geral Extraordinária. A reunião magna tem como tema a alienação até 90% do capital da sociedade desportiva do clube.

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Nos termos legais e estatutários e a pedido da sua Direção, convoco os associados do FUTEBOL CLUBE DE FAMALICÃO com sede social na Alameda Dr. Francisco Sá Carneiro, Centro Coordenador de Transportes, Loja 13, Apartado nº. 1, Antas, Vila Nova de Famalicão, Portugal, pessoa coletiva e contribuinte fiscal nº 501 072 284, a reunir em Assembleia Geral Extraordinária, em primeira convocação e em sessão extraordinária, em Vila Nova de Famalicão, na Academia FC Famalicão, sita na Rua dos 3 Caminhos, Loteamento Industrial de Meães, em Esmeriz, no dia 23 Junho de 2018 pelas 18 horas, com a seguinte:

ORDEM DE TRABALHOS:

Ponto Único – deliberar sobre a concessão de autorização à direção do FUTEBOL CLUBE DE FAMALICÃO para proceder à alienação até ao montante máximo de 90% do capital social da FUTEBOL CLUBE DE FAMALICÃO – FUTEBOL SAD.

– Não comparecendo o número legal de associados para que a Assembleia Geral possa reunir em primeira convocação, convoco desde já a mesma para reunir em segunda convocação, no mesmo local, na mesma data, às 18:30 horas, com a mesma Ordem de Trabalhos, deliberando então com qualquer número dos associados presentes (artigo 42, – ponto único – dos Estatutos do Futebol Clube de Famalicão).

Most Popular Topics

Editor Picks