Equipa feminina do FC Famalicão enfrenta SL Benfica com «respeito mas sem receio»

Com respeito mas sem receio, é assim que o treinador da equipa feminina do FC Famalicão encara o jogo da meia-final da Taça de Portugal, esta quarta-feira, às 15 horas, em casa, diante do SL Benfica.

João Marques está a preparar o jogo e admite que tem o processo já idealizado. Mesmo sem revelar a tática para este confronto, o treinador diz que a equipa famalicense vai manter a «sua filosofia de jogo».

O técnico, que até já orientou o Benfica, sabe do valor das adversárias, a quem não reconhece pontos fracos, mas assume que também são estes jogos que motivam mais as atletas e que as fazem crescer em termos competitivos. «Será um jogo difícil, mas é o tipo de partida que todas as equipas querem fazer. Sabemos que vamos ter pela frente um adversário com muitos bons argumentos, com um plantel recheado de boas jogadoras, mas nós sabemos o que queremos, o que valemos e não temos medo de realidades financeiras diferentes», aponta o técnico.

Este jogo da meia-final da Taça de Portugal, disputado a uma mão, frente ao SL Benfica, é referente à época passada, numa competição que não terminou devido ao covid-19. O objetivo para a equipa famalicense foi, e continua a ser, a presença na final. «Queremos muito essa final, era um prémio muito bom para esta equipa e para este projeto», reconhece João Marques. Por isso, «iremos dar o máximo e deixar uma imagem muito positiva; vamos fazer tudo para que os nossos adeptos sintam orgulho nesta equipa», conclui.

Seleções de Portugal e do Brasil chamam jogadoras do Famalicão

Rute Costa e Mylena Freittas, jogadoras do FC Famalicão, foram chamadas às seleções principais de Portugal e do Brasil, respetivamente.

Pia Sundhage, selecionadora do Brasil, tinha anunciado na passada quinta-feira, a convocatória que inclui a jovem Mylena, de 19 anos. Esta segunda-feira, foi a vez de Francisco Neto, técnico da Seleção feminina nacional chamar a guardiã de 26 anos, Rute Costa.

Jovem central do FC Porto assina pelo FC Famalicão

O defesa central Diogo Queirós, de 21 anos, é o mais recente reforço do Futebol Clube de Famalicão, com contrato de três temporadas.
Depois de ter iniciado o trajeto futebolístico no Leixões Sport Club, Diogo, ainda infantil, rumou ao Futebol Clube do Porto onde se manteve ao longo de 10 temporadas, tendo conquistado a Youth League Na época transata foi cedido aos belgas do Mouscron.
Do seu percurso registo para os títulos europeu de sub-17 e sub-19 ao serviço da Seleção portuguesa bem como a presença no Mundial de sub-20.
Agora em Famalicão, o jovem jogador assume que se abre «uma nova fase na minha carreira e sinto-me muito entusiasmado por iniciar o meu percurso no Futebol Clube de Famalicão, um clube muito dinâmico e apostado em ganhar uma posição de destaque no futebol nacional».

Jovem argentino reforça linha avançada do FC Famalicão

Tobias Zarate, avançado de 20 anos, assinou pelo Futebol Clube de Famalicão. O argentino, com contrato até ao final da temporada, estreou-se na equipa principal do Vélez Sarsfield no primeiro trimestre deste ano.

Pelo clube de Buenos Aires jogou na Liga Argentina e na Copa Sul Americana. Agora, jogar no Famalicão «é uma oportunidade para continuar o meu processo de desenvolvimento num clube que valoriza muito os jovens», referiu Tobias Zarate.

Most Popular Topics

Editor Picks