Famalicão continua amigo das famílias

Vila Nova de Famalicão voltou a renovar o estatuto de “Autarquia Familiarmente Responsável”, uma distinção criada em 2008 pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas.

Esta é a nona vez – a oitava consecutiva -, que Famalicão recebe a bandeira atribuída pelo Observatório dos Municípios Familiarmente Responsáveis que reconhece as boas práticas de apoio às famílias promovidas pelos municípios portugueses.

Da educação à área social, do desporto à cultura, foram muitos os argumentos elencados na candidatura apresentada pela autarquia famalicense, reconhecida não só pelas suas políticas orientadas para todas as famílias do concelho, mas também pelas ações e iniciativas destinadas a agregados familiares mais desfavorecidos económica e socialmente.

Oitenta e um municípios foram distinguidos este ano com a bandeira verde para “políticas amigas da família” na 12.ª edição da iniciativa.

Argatintas coloriu o lar e a vida de uma família

No final de 2019, uma família acompanhada pelo Atendimento Social da ACIP, viu a sua residência ser destruída pelas chamas de um incêndio, não reunindo condições para a sua reconstrução. Num esforço conjunto, não faltou a mão de obra, no entanto, insuficiente para fazer face a todas as necessidades de reconstrução da habitação.

A Argatintas, parceira da associação de Joane, no Âmbito da Responsabilidade Social, não ficou indiferente a esta situação e contribuiu com material de pintura para a reconstrução do lar e da vida desta família. Em suma, um gesto solidário que pintou sorrisos naquele lar.

D. Jorge quer cruzes floridas nas janelas e jardins

O Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, referindo-se a uma ideia que circula há dias nas redes sociais, sugeriu que cada família construa uma bela e florida cruz pascal para colocar na janela no Sábado Santo, assim como uma cruz no jardim ou varanda.

A sugestão foi deixada esta sexta-feira, no final da eucaristia, durante a qual pediu «treino na arte de viver o Evangelho», para melhor carregar «a cruz do dia a dia».

Apelo: Família de Fradelos perde tudo em incêndio, junta de freguesia apela à ajuda de todos

Uma família, composta por um casal e duas filhas menores, viu todos os seus pertences serem destruídos, na sequência de um incêndio na habitação onde estes residiam, ao início da tarde desta sexta-feira, na freguesia de Fradelos.

Solidária com toda a situação, a junta de freguesia lançou um apelo à comunidade. Todos os interessados em ajudar esta família, poderão dar o seu contribunto, doando vestuário (para crianças de 3 e 13 anos e adultos), roupa de cama, mobílias, eletrodomésticos, e outros artigos que entendam ser necessários nesta primeira fase.

Contudo, adianta a junta de freguesia, a prioridade vai para a busca de um novo espaço onde estas pessoas possam residir. Uma habitação em que o valor da renda possa ser suportado pelo casal.

A Junta de Freguesia de Fradelos vai estar de portas abertas para receber todos os interessados em ajudar, este sábado das 14h00 às 17h00.

Most Popular Topics

Editor Picks