Máquinas vs. Recursos Humanos em análise

A Casa das Artes recebe na tarde do dia 29 de outubro, o Fórum Económico Famalicão Made IN com o tema “As Pessoas como Valor Acrescentado”, uma iniciativa do Jornal de Notícias, em parceria com o Município de Vila Nova de Famalicão.

Esta conferência visa debater e analisar o impacto da inteligência artificial no mundo e nas relações de trabalho.

O presidente do Conselho Económico e Social, António Correia de Campos; o presidente da CIP- Confederação Empresarial de Portugal, António Saraiva; o sociólogo Moisés Martins, e o secretário geral da UGT, Carlos Silva, são algumas das personalidades que vão procurar responder à pergunta sobre se é este o combate laboral mais forte do século e, se sim, como será possível garantir emprego de qualidade. A este painel de especialistas juntam-se os empresários famalicenses Carlos Vieira de Castro e Tiago Freitas, administradores da Vieira de Castro e Porminho, respetivamente.

O Fórum Económico acontece no terceiro município mais exportador do país e um dos que tem revelado uma malha industrial em constante crescimento, nomeadamente na indústria 4.0.

Inscrições gratuitas e obrigatórias em www.jn.pt/conferencias

Ideias que podem gerar empresas têm palco na Casa da Juventude

Um conceito de fast food saudável – “Noodles Bar” – com influência asiática, da autoria de André Cunha e Patrícia Sousa, é uma das cinco ideias empreendedoras que, a partir de outubro, ficará instalada no novo espaço de incubação de ideias e de coworking da Casa da Juventude à procura da gestação empresarial.

O pitch final da primeira edição do “Viveiro de Ideias Gerador” – assim se chama o novo espaço e o concurso de ideias lançado pelo pelouro da Juventude e pelo Famalicão Made IN – decorreu esta quarta-feira, na Casa da Juventude, numa sessão que contou com o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, e para qual foram selecionados 7 dos 12 projetos participantes.

Os cinco projetos vencedores entram agora na terceira fase do programa, tendo, no prazo de um ano, a oportunidade de testar e aplicar as suas ideias, realizando-as e colocando-as em prática. No caso de se tratar de um evento a saída da incubadora acontecerá após a realização do mesmo. Se estiver em causa a criação de uma empresa ou associação, a saída da incubadora acontecerá no momento da constituição da mesma, podendo posteriormente manter o acompanhamento do Gabinete de Apoio ao Empreendedor do Município e, em caso de possibilidade, integrar uma das incubadoras Famalicão Made IN.

Os promotores das ideias inseridas no “Viveiro de Ideias Gerador” dispõem de um conjunto de apoios, sem quaisquer custos, para o desenvolvimento, maturação e estruturação das mesmas.

Estimular atitudes e competências empreendedoras e criativas e apoiar os jovens ao nível de conhecimentos, metodologias e instrumentos relacionados com a criação e desenvolvimento de ideias/projetos inovadores são alguns dos objetivos do programa “Viveiro de Ideia Gerador”.

Most Popular Topics

Editor Picks