Joane: Morreu a mulher vítima de explosão em casa

Não resistiu aos ferimentos e acabou por falecer a mulher vítima da explosão, registada numa habitação, na manhã da passada segunda-feira, na vila de Joane, em Vila Nova de Famalicão.

A vítima, tinha 65 anos, era professora aposentada, ficou com 100% do corpo queimado na sequência da explosão, registada na cozinha da moradia onde vivia com marido e filha.

Estava no Hospital de S.João, no Porto, em estado crítico.

Uma fuga de gás no esquentador, que aquecia as águas da habitação, é a hipótese mais provável para explicar a explosão seguida de incêndio.

Joane: Vítima ficou com “100% do corpo queimado”, helicóptero do INEM estava indisponível

 

Joane: Mulher de 65 anos em estado grave na sequência de explosão em casa

Uma mulher, com cerca de 65 anos, ficou ferida, na sequência de uma explosão seguida de incêndio, registada no interior de uma habitação, localizada nas proximidades da Rua do Divino Salvador, na vila de Joane.

O alerta para a ocorrência foi dado às 08h24. Para o local foram acionados os Bombeiros Voluntários Famalicenses, bem como a VMER da unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

Devido à gravidade dos ferimentos, a vítima foi transportada de urgência para o Hospital de S.João, no Porto.

Para o local chegou a estar destacado um helicóptero que deveria assegurar o transporte da mulher para Coimbra, contudo, o mesmo acabou por ficar indisponível.

Ao que nos foi possível apurar, a explosão estará relacionada com uma fuga de gás na cozinha da habitação.

 

Most Popular Topics

Editor Picks