Ordem de encerramento na Universidade do Minho devido a aluno infetado com coronavírus

O vírus covid-19 continua a ganhar terreno em Portugal.

Nas últimas horas surgiu a informação de mais um infetado em Braga. Trata-se de um estudante universitário de 19 anos que, de acordo com o JN, é natural de Felgueiras, frequenta o campos de Gualtar daquela instituição, e já terá infetado a namorada.

O jornal Diário do Minho avança que, na noite deste sábado, houve uma reunião onde ficou decidido o encerramento do edifício do departamento de História da U.Minho.

Plano de Contingência da Universidade do Minho para o COVID-19

  1. Não são autorizadas, a partir de hoje, deslocações em serviço;​
  2. São suspensas as deslocações em serviço que tenham sido previamente autorizadas;​​
  3. É encerrado o edifício do Instituto de Ciências Sociais (Edifício 15 do campus de Gualtar);​
  4. São suspensas as atividades pedagógicas no campus de Gualtar;​
  5. São encerrados os serviços de bibliotecas e as unidades alimentares no campus de Gualtar;​
  6. São suspensos os eventos e atividades desportivas no campus de Gualtar;​​
  7. É suspensa a realização de conferências, seminários, cerimónias e eventos de natureza similar no campus de Gualtar;​
  8. Professores, investigadores, trabalhadores técnicos, administrativos e de gestão e estudantes oriundos de países com casos confirmados de Covid-19 devem voluntariamente submeter-se a um período de quarentena, de 14 dias, após a sua chegada ao país;​
  9. O modo de funcionamento das unidades de serviços da Universidade, dos Serviços de Ação Social e dos serviços das unidades orgânicas, com atividade no campus de Gualtar, será fixado até ao final do dia 8 de março, sendo o mesmo posteriormente comunicado aos respetivos trabalhadores;
  10. Até que se encontrem disponíveis soluções de desinfeção para colocação ao lado dos terminais de leitura biométrica para controlo de assiduidade, está suspensa a utilização destes equipamentos. O controlo e validação de assiduidade no período em que estiver suspensa a utilização dos referidos terminais será feita pelo respetivo superior hierárquico direto.​

 

 

Sequestraram universitário no Porto e levaram-lhe 25 mil euros

Um jovem universitário de Guimarães foi, na passada terça-feira, sequestrado por um grupo de quatro homens, na cidade do Porto.

De acordo com o JN, o assaltantes terão apanhado o jovem na zona de Arca de Água, ameaçaram-no de várias formas até lhe tirarem o cartão de multibanco e o código, fazendo de seguida sucessivas transações que totalizaram cerca de 25 mil euros.

O universitário foi libertado na zona da Foz do Douro, reportando de seguida a situação nas autoridades que agora investigam o caso.

 

Most Popular Topics

Editor Picks