Galiza: Arcebispo de Braga participa nas cerimónias de Lugo

A diocese espanhola de Lugo, na Galiza, anunciou nas últimas horas a presença do famalicense e arcebispo primaz de Braga, D.Jorge Ortiga, nas celebrações dos 800 anos da Catedral de Mondonhedo.

O arcebispo de Braga marca presença nesta catedral por ser um local de forte presença de bracarense desde o sec. VI, quando se refugiaram na região por causa das invasões árabes.

D. Jorge Ortiga vai estar presente nas cerimónias religiosas em conjunto com outros bispos da região da Galiza.

 

 

Mau tempo em Espanha chega a Portugal continental de forma menos severa

O cenário foi traçado à agência Lusa pela meteorologista Ângela Lourenço, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo a meteorologista, a depressão (DANA) que afeta uma parte do território de Espanha irá “gradualmente aproximar-se” do território continental português, “perdendo força e intensidade”.

Em consequência desta depressão, formada nos “níveis mais elevados” da troposfera (camada mais baixa da atmosfera), é possível que ocorram aguaceiros a partir de sábado nas regiões do interior Centro e Sul.

No domingo, a queda de chuva, também em regime de aguaceiros, acompanhada de trovoada mantém-se na região do interior Centro e estende-se ao interior Norte, situação que se prolongará até segunda-feira, de acordo com as previsões.

Ângela Lourenço ressalvou que a precipitação prevista será “muito localizada” e de “distribuição irregular” num mesmo lugar, ao ponto de, por exemplo, chover numa zona de uma localidade durante 10 a 15 minutos e noutra zona, a 10 quilómetros de distância, não chover ao longo do dia.

A probabilidade de chuva, que não deverá ser forte, será acompanhada de ar quente e húmido, adiantou a meteorologista do IPMA. O ar manter-se-á quente e seco nas áreas do país onde não deve chover.

Na terça e quarta-feira, os aguaceiros poderão continuar de “forma mais generalizada” nas regiões do Norte e Centro, mas por ação de uma outra depressão, que chega ao território continental português a partir do oceano Atlântico, trazendo “ar mais fresco”.

A “depressão de níveis altos”, a que os espanhóis chamam “gota fria” ou DANA (acrónimo para depressão isolada de níveis altos), provoca aguaceiros e trovoadas e tem no seu centro ar frio, precisou Ângela Lourenço.

Most Popular Topics

Editor Picks