Concelhia do PSD é a segunda do país com mais peso na eleição do futuro líder

A Concelhia do Partido Social Democrata é a segunda maior do país com militantes com quota válida para votarem nas eleições diretas de 11 de janeiro. São 1408 militantes que podem exercer o direito de voto, o que representa 3,48% da possibilidade total de votos nacionais. À frente de Famalicão, só a concelhia de Lisboa, com 2235 militantes em condições de votarem.

Para o presidente da Comissão Política Concelhia, Paulo Cunha, «é um orgulho e motivo de satisfação a existência de um tão alto número de militantes com a situação regularizada, sinónimo da vitalidade do PSD de Vila Nova de Famalicão e da maturidade política e democrática dos seus militantes».

Em Famalicão, as eleições decorrem na sede do partido, na rua Adriano Pinto Basto, entre as 14 e as 20 horas, podendo votar os militantes que regularizaram quotas até 22 de dezembro; é obrigatória a apresentação de um documento de identificação.

Em termos de militantes ativos, Vila Nova de Famalicão tem atualmente 2458 cidadãos nas suas fileiras, o que representa 2,29 por cento dos militantes social democratas do país que são atualmente 107 422. Destes, 40 436 estão em situação de exercer o voto nas diretas de 11 de janeiro para escolherem o novo líder do partido.

Most Popular Topics

Editor Picks