Nuno Melo leva ao congresso do CDS a “Direita Autêntica”

O CDS reúne em congresso, nos dias 25 e 26 de janeiro, para eleger o sucessor de Assunção Cristas. De Vila Nova de Famalicão segue a moção “Direita Autêntica”, cujo primeiro subscritor é Nuno Melo.

O dirigente nacional do partido, em entrevista a CIDADE HOJE Informação, assume que o objetivo é promover a reflexão para devolver o CDS às suas grandes bandeiras, como a família, a segurança, a educação, o mérito, entre outras. Não revela em quem vai votar, mas admite que o número de candidatos é sinal de divisão no partido. Espera, por isso, que no final do congresso, todos apoiem o vencedor. Nesta entrevista, Nuno Melo fala, ainda, dos novos partidos, do Governo e da Europa.

Confira a entrevista na versão papel ou aqui, em cidadehoje.pt

Most Popular Topics

Editor Picks