Famalicão: Caso positivo de covid-19 fecha jardim de infância de Outiz

O jardim de infância de Outiz está encerrado, desde a manhã desta segunda-feira, depois de uma criança ter testado positivo à covid-19, na passada sexta-feira.

Por determinação da Delegação de Saúde, todas as crianças (cerca de 15), duas funcionárias e uma educadora, estão em casa, em isolamento, confirmou à Cidade Hoje o presidente da Junta da União de Freguesias de Gondifelos, Cavalões e Outiz, Manuel Novais.

 

Famalicão: Caso positivo de covid-19 em funcionária determina quarentena para alunos de S. Mateus

Cerca de 30 alunos do 1.º e 2.º anos da Escola Básica de Oliveira S. Mateus estão, desde esta quinta-feira, em quarentena, devendo-se manter nas respetivas habitações.

Este isolamento decorre de um caso positivo à covid-19, de uma funcionária que trabalha junto das crianças.

Confirmado o caso no início desta semana, a Delegação de Saúde determinou que os alunos devem cumprir o respetivo isolamento profilático.

Numa nota publicada nas redes sociais, a Associação de Pais e Encarregados de Educação de Oliveira São Mateus pede que todos cumpram as normas impostas pela Direção-Geral da Saúde, notando que os alunos devem cumprir o afastamento social, «não devendo andar na rua ou em meios públicos, devendo ficar apenas no seu domicílio habitual».

Famalicão: PASEC vence prémio BPI “La Caixa”

A PASEC foi uma das instituições vencedoras do Prémio BPI “la Caixa” 2020. O montante a distribuir é de 750 mil euros por 31 projetos, e a PASEC vai receber 20 mil euros.

O foco dos projetos é o trabalho com as crianças em situação de vulnerabilidade social e o reforço das competências parentais. Como é do conhecimento público, a PASEC trabalha em vários bairros da cidade de Famalicão, usando a dança, o teatro e a música como ferramentas de integração e capacitação social.

Lions Clube de Famalicão lança o projeto “Já Tens a Tua?”

“Já tens a tua?” é o novo projeto do Lions Clube de Vila Nova de Famalicão, com o apoio da Fundação Lions de Portugal.

Atento aos condicionalismos resultantes da pandemia Covid19 das populações e na vida em comunidade, e perante a possibilidade da situação se alongar no tempo, o Lions Clube encetou, junto dos seus parceiros mais esta iniciativa, para fornecer material de proteção individual, desta feita às crianças.

Trata-se de um projeto da iniciativa do Lions Clube famalicense, cofinanciado pelo Clube, pela Fundação Lions de Portugal, contando com o apoio de uma empresa do concelho.

O projeto consiste na distribuição de 400 máscaras comunitárias às crianças das USF’s que fazem parte da Aces AVE/Famalicão, máscaras essas com a devida certificação do CITEVE.

A entrega das máscaras teve lugar no passado dia 29 de junho, na sede da ACES, na pessoa do Diretor Executivo da ACES, Ivo Machado, e da vereadora Sofia Fernandes.

A distribuição das máscaras será feita pela Aces AVE/Famalicão, de forma totalmente gratuita, às crianças que recorram às suas Unidades de Saúde Familiar para consultas programadas ou para cumprimento do Plano de Vacinação.

Programa Acompanhar continua a apoiar 613 crianças e jovens

Durante o Estado de Emergência, o Programa Acompanhar manteve o acompanhamento a 613 crianças e jovens, com respostas de proximidade como o apoio ao estudo, acompanhamento da situação social das famílias, encaminhamento para as entidades competentes e ajuda aos pais no apoio pedagógico aos filhos.

Este trabalho de proximidade traduziu-se, por exemplo, na entrega de trabalhos de casa ao domicílio, contactos semanais para averiguar a situação social e familiar, etc.

Recorde-se que o Programa Acompanhar é de capacitação cidadã de grupos infantis e juvenis e pertence ao Pelouro da Educação do Município de Famalicão.

Logo que foi decretado o encerramento das escolas, os grupos de capacitação e os programas de tutoria individualizada e grupal foram redimensionados e passaram a ser geridos à distância através de teleconferência e telefone e em mais de 20 situações manteve-se o trabalho presencial devido à inexistência de meios de comunicação à distância funcionais.

Com o regresso do 3.º período escolar, em articulação com os Agrupamento de Escolas e Escolas Profissionais, foi possível melhorar as respostas de capacitação à distância, fruto da disponibilização de mais equipamentos informáticos e soluções de concetividade online e mantiveram-se as respostas de proximidade, nomeadamente nos contextos de maior risco de exclusão como são os Complexos de Habitação Social e alguns aglomerados populacionais do concelho mais fustigados por bolsas de pobreza.

PS diz que é preciso estar atento aos maus-tratos às crianças

O Partido Socialista, a Juventude Socialista e as Mulheres Socialistas de Vila Nova de Famalicão pedem que todos estejam atentos aos riscos de maus-tratos a crianças e adolescentes.

Este problema, diz o PS, em comunicado à imprensa, pode ter contornos mais graves em tempos de confinamento social, em que vítimas e agressores partilham o mesmo espaço. «Não podemos ignorar que, por vezes, o inimigo está dentro de casa e que a exposição ao risco e ao perigo aumentam exponencialmente», sensibiliza.

O PS acrescenta que «estes problemas podem acontecer ao nosso lado e, por isso, todos somos responsáveis por agir».

Most Popular Topics

Editor Picks