Chefe Renato Cunha fecha Ferrugem e desafia colegas a fazerem o mesmo

O Restaurante Ferrugem, na Portela, vai fechar preventivamente e o Chefe Renato Cunha desafia os colegas cozinheiros a adoptarem a mesma atitude.

Face à pandemia global do coronavírus, declarada pela OMS, e após reunião com toda a equipa, Renato Cunha decidiu o encerramento temporário do Ferrugem até ao dia 23 de março. Em texto publicado no Facebook, o chefe assume esta decisão como voluntária, unilateral e de carácter preventivo, «num momento em que se impõe uma consciência coletiva e de grande responsabilidade social».

Renato Cunha reconhece o momento difícil que se vive e escreve que, «apesar do Governo Português não ter demonstrado ontem essa coragem, espero, muito sinceramente, que os meus colegas cozinheiros e/ou restauradores, adotem a mesma decisão, determinando o encerramento coletivo de todos os espaços de restauração e bebidas em Portugal. É hora de agir», pede Renato Cunha, responsável de um dos restaurantes de referência no contexto nacional.

Depois, finaliza, «cuidaremos das feridas emocionais e económicas e encontraremos uma estratégia concertada para a recuperação do setor em Portugal».

Calendário: Incêndio em moradia provoca ferimentos no proprietário

Os bombeiros voluntários famalicenses foram chamados, cerca das 23h00 desta quarta-feira, para um incêndio no interior de uma habitação, na freguesia de Calendário.

A situação aconteceu numa moradia localizada na Rua Visconde de Gemunde. Ao que nos foi possível apurar as chamas ficaram confinadas a um eletrodoméstico instalado na cozinha, sendo rapidamente apagadas com recurso a um extintor.

O proprietário da casa acabou por ter que ser assistido no local e levado para o hospital mais próximo, na sequência de queimaduras que sofreu na mão, fruto das tentativas que fez para apagar as chamas. Não inspira cuidados de maior.

Apesar dos danos a moradia mantêm-se habitável.

Bombeiros chamados para incêndio em apartamento junto à CESPU

Os bombeiros voluntários de Famalicão e Famalicenses foram acionados, ao início da noite desta quarta-feira, para o combate às chamas num apartamento localizado ao lado da CESPU, nas proximidades do Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão.

Ao que conseguimos apurar, o foco do incêndio concentrou-se na cozinha daquele apartamento, no fogão e equipamento que assegura a exaustão do ar.

Na sequência desse incidente, uma mulher com cerca de 40 anos acabou por ficar com ferimentos nos dedos, acabando assistida no local pelos bombeiros e, momentos depois, transportada para a unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

A vítima não inspira cuidados de maior. Desconhece-se em que estado terá ficado o apartamento e se o mesmo continuou a ter condições de habitabilidade.

 

Most Popular Topics

Editor Picks