Famalicão: Criada linha de apoio psicológico para profissionais

A Clínica Oldcare Saúde e Bem-Estar de Vila Nova de Famalicão criou uma linha de apoio psicológico para profissionais de saúde, inteiramente gratuito e sob anonimato.

Segundo a diretora, Susana Dias, «o objetivo é proporcionar apoio a quem tem estado na linha de frente ao combate à covid-19», reconhecendo que os profissionais de saúde estão «sobrecarregados e sob forte pressão, desde a primeira onda da pandemia e agora ainda mais com o agravamento da pandemia».

A diretora clínica da Oldcare considera que é «essencial cuidar de quem cuida», destacando que «há profissionais exaustos, com ansiedade, stresse crónico, depressão e síndrome de Burnout».

Considerando que além dos equipamentos, os recursos humanos são parte indissociável da prestação de cuidados de saúde aos doentes, Susana Dias reconhece que «precisamos dos profissionais de saúde e as suas famílias precisam dos pais, mães, filhos, maridos, esposas que eles são. Precisamos cuidar dessas pessoas e procurar ajudar a evitar o esgotamento físico e mental que, infelizmente, muitos já sentem».

Recorde-se que, em abril, a Oldcare criou uma Linha de Apoio Psicológico para ajudar as pessoas a cuidar da saúde mental durante a pandemia da covid-19. O serviço foi realizado de forma gratuita e registou um balanço positivo.

Segundo a Oldcare, a maior parte das chamadas foi efetuada por pessoas com doenças mentais pré-existentes e que precisavam de apoio médico. Também foram registadas muitas chamadas feitas por pessoas com crise de ansiedade devido ao isolamento social e contactos feitos por pessoas que estão a viver momentos emocionalmente difíceis devido à perda de familiares próximos com covid-19.

Clínica da Mulher e da Criança de Famalicão abriu esta terça-feira

Entrou em funcionamento, esta terça-feira, a Clínica da Mulher e da Criança da unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

Com um investimento na ordem dos 300 mil euros, o espaço resulta de uma parceria entre a administração do hospital, a Câmara Municipal e a sociedade civil famalicense. A autarquia garantiu 50% do financiamento e ajudou a mobilizar a sociedade que, ao abrigo do mecenato, garantiu o restante do investimento.

A clínica, instalada nas antigas urgências, concentra os cuidados de saúde prestados à mulher, à criança e ao adolescente, oferecendo um serviço mais adequado às necessidades, permitindo, por exemplo, que os utentes recebam tratamento sem entrarem na área hospitalar.

«Criamos este projeto com o objetivo de continuar a apostar na área materno-infantil, concentrando os serviços de saúde de ambulatório de pediatria, ginecologia e obstetrícia, num único espaço mais moderno, com mais conforto e com maior privacidade», referiu o presidente do Conselho de Administração, António Barbosa, aquando a apresentação do projeto.

O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, elogia o envolvimento da sociedade civil que, em conjunto com a autarquia, permitiu a concretização de uma obra «de superior interesse público, que significa um contributo líquido local para a melhoria da qualidade dos cuidados de saúde prestados em Famalicão pelo Serviço Nacional de Saúde».

Hospital de Famalicão: Obras para a construção da clínica da mulher arrancam nas próximas semanas

Arrancam até outubro as obras de criação de mais uma valência da unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave, a Clínica da Mulher, Criança e do Adolescente.

O serviço vai nascer no espaço das antigas urgências daquele hospital e vai concentrar “todo o ambulatório não cirúrgico das especialidades de Pediatria, Ginecologia, Obstetrícia e a consulta de Pedopsiquiatria”.

O empreiteiro está disponível para começar os trabalhos. Estamos a fazer de tudo para que, nas próximas semanas, possamos deslocar os serviços que ainda estão a funcionar no espaço que vai sofrer obras.

António Barbosa – Presidente do Conselho de Administração do CHMA

A obra resulta num investimento de cerca de 600 mil euros, metade desse valor foi financiado pela autarquia famalicense e o restante por empresários e particulares da região.

Dois Milhões de euros: Clínica Dentária compra edifício histórico no centro de Famalicão

Uma clínica dentária com sede em Barcelos comprou o edifício histórico da Praça D. Maria II, no centro de Famalicão, que, na segunda metade do século passado, acolheu o principal balcão da Caixa Geral de Depósitos na então vila famalicense.

O edifício, em granito, que faz esquina com a Rua de Santo António, está devoluto desde a década de 1980, surgindo agora uma oportunidade para a sua reabilitação através da sua reconversão numa clínica dentária de última geração, onde deverão trabalhar duas dezenas de profissionais, entre médicos dentistas, técnicos superiores de próteses dentária e assistentes dentários.

O espaço comercial deverá abrir portas no final de 2020, início de 2021.

Most Popular Topics

Editor Picks