Famalicão: CDS quer que o Governo requalifique a escola Júlio Brandão

O Grupo Parlamentar do CDS-PP quer que a Assembleia da República recomende ao Governo «a realização urgente das obras de requalificação da Escola Básica 2,3 Júlio Brandão, partilhando com a escola, e demais comunidade educativa, os seus termos e calendário».

Os deputados do CDS recordam que a escola funciona com graves problemas estruturais, «sendo urgente proceder-se à sua requalificação», pois o edifício «não está à altura das atuais exigências curriculares, pelo que é urgente uma intervenção profunda», pede o Grupo Parlamentar do CDS.

Recorde-se que igual propósito teve, recentemente, o Grupo Parlamentar do PSD que apresentou um projeto de resolução onde também reclama obras de requalificação da E.B. 2 3 Júlio Brandão.

 

Famalicão: CDS PP preocupado com o aumento de casos covid-19

A concelhia do CDS PP está preocupada com o aumento de casos covid-19 verificado nas últimas semanas «um indicador preocupante que nos faz redobrar o alerta, tendo ainda em conta que nos próximos dias vamos ter o regresso de milhares de alunos às escolas» sendo este o momento «para repetir conselhos e recomendações para a adoção de comportamentos que permitam minorar o risco de contágio».

Em comunicado, o partido liderado por Ricardo Mendes vê nos dados dos últimos dias a «demonstração de que a propagação do vírus voltou a acelerar e que se exige de cada um de nós responsabilidade».

O CDS fala dos casos verificados nos últimos dias em espaços comunitários do concelho de Famalicão como demonstrativos de que «devemos manter rigor na proteção e continuar a cumprir com todas as regras, como o uso de máscara, a desinfeção e higienização e o distanciamento social possível». Regras básicas que, no entanto, «parecem esquecidas e desvalorizadas, ou até ignoradas a propósito de ajuntamentos políticos como assistimos nos últimos dias».

Ricardo Mendes, que tutela a Proteção Civil na Câmara de Famalicão, garante que o Município «continua a trabalhar e a acompanhar em permanência a situação no concelho e que estará ao lado dos agrupamentos de escolas para o retomar da atividade letiva», mas pede que alunos e pais «sejam rigorosos e exigentes. A educação e o alerta em casa serão fundamentais na prevenção e na adoção de medidas que minimizem o risco de transmissão da doença».

Ainda segundo a nota de imprensa, a concelhia do CDS apela a que o Governo e a administração pública «possam dar exemplo, aprimorando a prestação de serviços e plataformas de ligação da administração com os cidadãos, de forma a que os processos possam continuar a correr e a permitir serviços essenciais e economia funcionar».

Conferência junta Nuno Melo, Nuno Rogeiro e Francisco Assis

A Distrital de Braga do CDS PP promove esta terça-feira, a partir das 21h30, mais um Webinar. Desta vez o debate centra-se nas relações comerciais da União Europeia e o peso da Ásia na economia mundial.

O eurodeputado do CDS PP, o famalicense Nuno Melo é o anfitrião do debate, conduzido por Durval Tiago Ferreira, tendo como convidados o ex-deputado europeu Francisco Assis e o comentador e especialista em política e geopolítica internacional, Nuno Rogeiro.

O debate pode ser acompanhado na página do Facebook cdsppfazsentidoembraga/

“O desconfinamento político. Que futuro para o centro/direita em Portugal”

A Distrital de Braga do CDS-PP realiza na noite desta terça-feira, a partir das 21h30, mais uma sessão de debate online. Desta vez, em discussão está o posicionamento do Centro/Direita no pós pandemia na política nacional.

Nuno Melo, que é líder da distrital, é o anfitrião, tendo como convidados Francisco Mendes da Silva, também do CDS-PP, e os social democratas Leitão Amado e Miguel Morgado.

A iniciativa pode ser acompanhada em direto na página do cdsppfazsentidoembraga na plataforma Facebook.

Covid-19: CDS critica falta de «cultura de cooperação» entre entidades

O líder da concelhia do CDS, Ricardo Mendes, analisou, ao final da manhã desta sexta-feira, o atual momento pandémico no concelho. O dirigente, que tutela a Proteção Civil na Câmara Municipal de Famalicão, assinalou «a falta de cultura de cooperação» entre entidades nacionais e regionais.

Esta falta de «cultura de cooperação» levou o Município a «substituir-se a essas entidades (ARS Norte e Segurança Social)» em vários momentos, particularmente nos testes aos idosos dos lares, assinalando Ricardo Mendes que Famalicão terá sido o primeiro município a oferecer-se para os fazer a expensas próprias. «A Câmara Municipal foi um pouco incompreendida no início, porque teve de agir e não ficar à espera»

O presidente do CDS fala «em períodos de dificuldades e pontos de stress entre instituições que mostraram essa falta de cultura de cooperação, mas sempre que surgia uma situação de concreto a Câmara era colocada no centro da decisão, quando outras entidades não o faziam e deviam ter os meios para o fazer».

O que a Câmara Municipal tem feito, elogiou o líder do CDS, «são medidas atempadas e acertadas que minimizaram os efeitos e algumas debilidades».

Na conferência de imprensa Ricardo Mendes enalteceu a atitude dos famalicenses, e o empenho e trabalho dos profissionais de saúde, forças policiais, bombeiros, autarcas e empresários. Deu, ainda, nota do trabalho do partido durante este período, com as conferências online «que trouxeram à discussão importantes temas», com intervenções de Paulo Portas e Pires de Lima, por exemplo. «Com os meios que tínhamos, através da nossa página do facebook, tentamos fazer alguns pontos de situação».

Distrital do CDS promove conferência online com Paulo Portas

“O desconfinamento da política europeia. Uma visão do centro direita” é o tema do debate que a distrital do CDS promove, esta terça-feira, a partir das 21h30 com transmissão em facebook.com/cdsppfazsentidoembraga/

Para discutir e analisar “Que caminho na União Europeia e que politicas num tempo novo pós pandemia?», a distrital liderada pelo famalicense Nuno Melo, convida o ex-ministro Paulo Portas e Esteban González Pons, deputado no Parlamento Europeu, eleito pelo Partido Popular Espanhol, Vice-Presidente do PPE no Parlamento Europeu, onde é membro da Comissão de Assuntos Constitucionais e de Assuntos económicos.

Most Popular Topics

Editor Picks