Abate de carvalho na Praceta Cupertino Miranda

Esta quinta-feira, dia 24 de outubro, entre as 9 e as 18 horas, haverá condicionamento do trânsito no topo Norte da Praça D. Maria II, podendo ser necessário cortar o trânsito na via.

Em causa está o abate de um carvalho, por razões de segurança. A árvore está no jardim da Praceta Cupertino de Miranda.

A árvore em causa encontra-se com “ganoderma applanatum” na base do tronco, fungo que destrói o lenho da árvore deixando-a praticamente oca e em risco de queda.

A Câmara Municipal pede a compreensão de todos pelos incómodos causados.

Presidente da Câmara vai plantar um carvalho em conjunto com 50 crianças

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai assinalar o Dia Mundial da Árvore, esta quarta-feira, 21 de março, com a plantação simbólica da árvore número cinco mil, no âmbito do projeto “25 mil árvores até 2025”. Acompanhado por cerca de meia centena de crianças da Escola de Quintão, de Arnoso Santa Eulália, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, vai plantar, pelas 15h00, um Carvalho Alvarinho – Quercus róbur – no Parque de Sinçães, junto ao Skate Park.

Refira-se que o projeto “25 mil árvores até 2025” promovido pela autarquia famalicense tem como objetivo reabilitar aproximadamente 25 hectares do território concelhio através da plantação de 25 mil árvores e arbustos nativos da região em áreas urbanas, espaços rurais, ao longo das linhas de água e em montes e serras. O projeto que arrancou em setembro 2016 já envolveu vários milhares de crianças do concelho na plantação de árvores e em ações de sensibilização.

As árvores autóctones são uma aposta deste projeto, nomeadamente carvalhos, medronheiros, castanheiros, loureiros, azinheiras e sobreiros entre outros.

A plantação da árvore cinco mil representa também o culminar de uma jornada inteiramente dedicada à natureza, através da concretização da 1.ª Rota pela Floresta – Eco-escolas. A iniciativa que conta com a colaboração de diversas escolas e instituições irá levar à plantação de árvores autóctones em vários espaços do concelho, assim como à passagem de testemunhos assentes em compromissos dos vários intervenientes envolvidos, que assumirão um futuro ambientalmente mais sustentável.

A Rota pela Floresta arranca bem cedo na Escola Básica Integrada Vale do Este e termina no Parque de Sinçães.

Most Popular Topics

Editor Picks