Câmara de Famalicão justifica alteração da feira semanal para garantir limpeza do recinto

O vereador das Feiras e Mercados, Ricardo Mendes, explica que a decisão de passar a feira semanal para os domingos, dias 22 e 29 de dezembro, tem a ver com a limpeza do recinto.

A empresa que procede à higienização do espaço não trabalha nos dias de festa. Quer dizer que se a feira fosse nos dias 24 e 31, o recinto ficaria sujo durante dois dias seguidos.

Mesmo perante a disponibilidade manifestada por alguns feirantes de que limpariam o seu espaço após a realização da feira, a Câmara entendeu que uns comerciantes não podem responder por todos.

Sem garantias de que o espaço ficaria limpo, a autarquia resolveu antecipar a feira semanal para o domingo.

Ricardo Mendes esclarece, ainda, que a feira não ficou para a segunda-feira, por conveniência dos próprios feirantes.

Além da questão da higiene e saúde, o vereador Ricardo Mendes realça a má imagem da cidade e a impossibilidade de utilização do campo para estacionamento durante esses dias de festa.

Aparatosa colisão no centro da cidade de Famalicão

Quatro pessoas ficaram feridas na sequência de uma colisão entre duas viaturas, esta noite, na Avenida José Manuel Marques, no centro de Vila Nova de Famalicão.

O sinistro aconteceu cerca das 19h55 e para o local foram acionados os bombeiros voluntários famalicão e famalicenses com a indicação inicial da existência de duas pessoas com ferimentos.

No local também se encontra a PSP.

Para onde se vai mudar a Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão

Com as obras que estão previstas para a zona do antigo campo da feira da cidade, o espaço utilizado até então para a realização da Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão não vai, de forma temporária, poder receber este certame.

A mudança, tal como avançado pela Cidade Hoje em 2018, esteve para acontecer este ano mas, fruto de algumas adaptações que já foram feitas no recinto, foi possível manter-se a feira naquele local por mais uma edição.

Uma das soluções previstas para alojar a Feira de Artesanato enquanto decorrem as obras é a central de camionagem.

É espectável que essa mudança aconteça na edição de 2020 ou 2021 deste certame que tem por hábito arrancar no último fim de semana do mês de Agosto.

 

Carros deixados no campo da feira bloqueiam viaturas que estão bem estacionadas

Com a realização da Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão, o campo da feira da cidade é o espaço escolhido pela maioria das pessoas para deixar o carro enquanto visitam o certame.

Apesar do espaço oferecer lugar para mais de uma centena de viaturas este tem-se revelado pequeno para a procura que está a ter.

Com os lugares de estacionamento nas redondezas ocupados, e depois de procurarem alternativas sem sucesso, são muitos os que optam por parar o carro nos corredores de acesso aos lugares, no interior do campo da feira. A solução encontrada por estes condutores transforma-se num pesadelo para os outros, que estacionaram corretamente e nos locais destinados para o efeito, e que ficam sem espaço para manobrar a viatura quando querem abandonar o campo da feira.

A situação é recorrente e só se resolve com a intervenção das autoridades.

Most Popular Topics

Editor Picks