Apagão deixa clientes “presos” no interior do Braga Parque

Vários clientes ficaram retidos, na tarde desta quinta-feira, em algumas lojas do centro comercial Braga Parque, na cidade de Braga.

De acordo com a Braga TV, devido à falha na rede eletrica, algumas pessoas ficaram presas no interior do hipermercado que funciona naquele espaço. Tal situação estará a ser gerada devido aos sistemas anti-roubo.

A EDP já se pronunciou sobre a falha, espera que tudo esteja solucionado cerca das 15h00.

Bombeiros de Famalicão chamados para derrame de produtos tóxicos com 21 feridos

Os Bombeiros Voluntários de Famalicão participaram, esta manhã, nas operações de socorro de 21 pessoas que ficaram feridas, na sequência do derrame de produtos químicos.

Aquilo que julga ter sido um acidente aconteceu cerca das 08h30 desta quinta-feira, no Parque Industrial de Padim da Graça, em Braga.

Os feridos, todos sem gravidade, foram levados para o Hospital de Braga.

D.Jorge Ortiga reage com apreensão ao encerramento da Rádio SIM do Grupo Renascença

O Arcebispo acolheu com apreensão e surpresa a decisão, por parte da gerência da Rádio Renascença, de “descontinuar” a Rádio SIM, emitida a partir da capital, com várias frequências pelo país.

“Não podemos deixar de pensar nos trabalhadores. Esperamos que para todos se encontrem soluções de harmonia com as determinações laborais, sabendo, à partida, que isso já foi devidamente equacionado. Aos colaboradores, que em espírito de gratuidade se entregaram de corpo e alma a este projecto, testemunhamos a nossa sincera gratidão e esperamos que continuem a trabalhar connosco em projectos que venham a ser concretizados.
A Rádio SIM era uma presença da Igreja na comunicação social com grande acolhimento por parte dos cristãos.
Num tempo em que cresce o número de idosos em Portugal, a Igreja deveria ser-lhes próxima, produzindo conteúdos que lhes proporcionassem companhia e os ajudassem, muito concretamente, a viver, aprofundar e a celebrar a fé. Bem como a serem informados sobre a actualidade da Igreja.
A Arquidiocese sempre favoreceu a unidade eclesial, consciente de que a vida acontece nas grandes cidades e nas periferias. Para fomentar esta experiência, foi renunciando a diversas iniciativas de índole local. Sabe que não é possível ser Igreja sem uma abertura à universalidade, começando por vivê-la a nível nacional. Disponibilizou gratuitamente, para o efeito, espaços e motivou as pessoas para uma generosidade em prol de um projecto de abrangência nacional.
Acreditamos na força e na importância dos meios de comunicação social. A Arquidiocese repensará a sua presença na rádio — sem perder muito tempo — e garantirá aos cristãos mais simples e humildes a escuta da voz da Igreja.”
D.Jorge Ortiga

A notícia foi debatida com o Cabido Metropolita que na Arquidiocese de Braga funciona como Colégio de Consultores, e o Cabido gostaria, de igual modo, de marcar a sua incompreensão e tristeza pelo sucedido.

Fontes envolvidas no processo garantem que parte das frequências utilizadas até então pela Rádio SIM, deverão, em breve, passar a retransmitir a Mega Hits, a rádio do Grupo Renascença direcionada para o público jovem.

Braga poderá ter novo hotel no centro da cidade

É analisado esta segunda-feira, em reunião do executivo municipal bracarense, um pedido de licenciamento de um hotel, a ser construído no largo da estação, no centro da cidade de Braga.

A efetivar-se a construção, a nova unidade hoteleira, com uma capacidade para cerca de 200 hóspedes, vai contar com uma classificação de duas estrelas.

O hotel pertencerá à cadeia MOOV, que já se encontra instalada em cidades como Porto e Évora.

Famalicão é dos concelhos com mais beneficiários da tarifa social de energia elétrica no Minho

Vila Nova de Famalicão é o terceiro concelho do distrito de Braga com mais beneficiários da tarifa social de energia elétrica. Os dados foram revelados pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) e são referentes ao mês de novembro.

Famalicão surge no final do Top 3 com os concelhos de Guimarães e Braga à frente.

Números detalhados por concelho:

  1. Braga: 14.509
  2. Guimarães: 11.031
  3. Vila Nova de Famalicão: 8.605

Amares: 1.803
Barcelos: 7.617
Cabeceiras de Basto: 1.743
Celorico de Basto: 2.410
Esposende: 3.049
Fafe: 5.006
Póvoa de Lanhoso: 2.175
Terras de Bouro: 419
Vieira do Minho: 1.174
Vila Verde: 4.424
Vizela: 1.544

A nível nacional, os distritos de Lisboa e do Porto lideram a tabela.

Os dados podem ser consultados aqui

Most Popular Topics

Editor Picks