Famalicão: Acesso da A7 em Seide passa para o domínio do Município

A Câmara Municipal e a Ascendi chegaram a um acordo de entendimento relativamente ao troço de acesso à A7, em Seide S. Miguel. Esta via, com cerca de 2km, que liga à nacional 206 e municipal 573, passa para o domínio público do município depois da concessionária realizar as obras de reparação e melhoramento da via que devem estar concluídas até 30 de setembro de 2021

Recorde-se que, o Município intentou uma ação judicial contra a Ascendi – Auto Estradas do Norte relativamente à propriedade desta via que foi aberta para fazer a ligação à auto estrada Famalicão-Guimarães.

O processo fica, agora, cancelado, por via deste acordo cuja proposta vai a reunião de Câmara, na manhã desta quinta-feira. Depois, será submetida a discussão e votação em Assembleia Municipal.

 

GNR fiscaliza deslocações indevidas na praça das portagens em Esmeriz

As forças de segurança estão na estrada para assegurarem o cumprimento da determinação governamental que impede, até 13 de abril, deslocações para fora do concelho de residência.

A PSP e a GNR estão a proceder a ações de fiscalização, para assegurarem o cumprimento desta determinação, como acontece na praça das portagens em Esmeriz, tal como a foto documenta.

Esta medida prevê exceções para idas ao hospital, menores com residência alternada, assistência à família e atividades profissionais. Contudo, todas as pessoas nesta última situação devem fazer-se acompanhar da declaração.

Camião ardeu na A3 em Sezures

Um camião ardeu ao quilómetro 37 da A3, sentido Porto – Braga, na freguesia de Sezures, em Vila Nova de Famalicão.

Para combater o incêndio, cujo o alerta terá sido dado por volta das 10h00, foram chamados os Bombeiros Voluntários de Famalicão e Famalicenses.

Não há registo de feridos, apenas danos materiais.

Imagem: Cristiano Fernandes

Incêndios: A41 cortada no sentido Porto–Penafiel devido a fogo em Valongo

Segundo a página na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, o incêndio, com duas frentes ativas, mobilizava, pelas 17:30, 178 operacionais, apoiados por 49 veículos e seis meios aéreos.

O incêndio em Alfena, no concelho de Valongo, está “descontrolado” devido às “fortes rajadas de vento”, disse hoje à Lusa o comandante operacional municipal.

Segundo Delfim Cruz, o fogo, que começou hoje às 12:27 em Alfena, “já passou para Valongo, no distrito do Porto, seguindo em direção à Quinta Rei, onde estão sediados meios da Afocelca”, empresa parceira do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais.

Apesar da progressão do fogo, o responsável referiu que não há habitações em risco.

O alerta especial vermelho de agravamento do risco de incêndio florestal que vigora em vários distritos vai terminar às 23:59 de hoje, passando todo o continente a estar em alerta laranja, devido à diminuição das temperaturas até quinta-feira.

O anúncio foi feito hoje pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, numa conferência de imprensa que decorreu nas instalações da proteção civil, em Carnaxide, distrito de Lisboa, ressalvando contudo que pode ser novamente decretado um novo alerta vermelho se as condições se agravarem a partir de quinta-feira.

Most Popular Topics

Editor Picks