Famalicão: “Anima-te” com street food e artesanato

Para além dos muitos espetáculos agendados para os meses de julho, agosto e setembro – Katia Guerreiro, Noiserv, Márcia, Salvador Sobral, Tiago Nacarato, Benjamim, Samuel Úria, Sílvia Pérez Cruz e muito mais – o “Anima-te” também traz propostas gastronómicas e artesanais para um verão diferente que pode ser desfrutado com alegria… mas sempre com os devidos cuidados.

Durante os próximos meses, as três principais praças do centro da cidade vão receber as novas tendências da gastronomia de rua. A “Camionete” e as suas conhecidas sandes de porco estaciona na Praceta Cupertino de Miranda. Já na Praça 9 de Abril, provam-se os sabores da Madeira e o famoso Bolo do Caco na “Da Ilha”. A sobremesa fica a cargo da “Luppi”, na Praça D. Maria II.

O Mercado Artesanal estará instalado na Praça D. Maria II, às sextas, sábados e domingos, das 10h00 às 21h00, com muitas sugestões.

Famalicão: este ano não há Feira de Artesanato e Gastronomia

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão cancelou a edição deste ano da Feira de Artesanato e Gastronomia, devido à pandemia da Covid 19.

A salvaguarda da saúde pública, que impede a concentração de pessoas, é a razão para o cancelamento do certame, que já decorre há 36 anos entre o final de agosto e o início de setembro.

Entretanto, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, adianta que o município está a preparar para este verão um programa de animação, com vários momentos, «que promoverá a retoma económica, cultural e turística da cidade e que decorrerá em condições de segurança, em consonância com a DGS».

Famalicão tem muito para oferecer e ver neste natal

O espírito da época natalícia vive-se e sente-se nas ruas de Famalicão. As iluminações, as músicas, a animação e o convívio “aquecem” a cidade que está transformada no Lugar do Natal, com epicentro no Mercado de Natal, este ano com dois polos, a Praça Alimentar, na Praceta Cupertino de Miranda, e o Mercado Artesanal, na Praça D. Maria II.

Nas tradicionais casinhas de madeira, no mercado artesanal pode encontrar presentes únicos e genuínos junto dos cerca de 25 expositores que têm muito para oferecer até 24 de dezembro. O mercado funciona de segunda a quinta das 14h00 às 20h00 e às sextas, sábados e domingos das 11h00 às 22h00.

A grande novidade da campanha promovida pela Câmara Municipal e pela Associação Comercial e Industrial é a tenda que acolhe a praça alimentar.

São mais de uma dezena de stands com um pouco de tudo desde as sanduiches, aos vinhos aromatizados, aos doces de natal e ao chocolate quente. A praça decorre até 5 de janeiro e funciona de segunda a quinta-feira das 11h00 às 20h00 e às sextas, sábados e domingos das 10h00 às 22h00.

Todo o Mercado de natal será animado, aos domingos, por um conjunto Coros com a música natalícia. São 10 coros representativos de cada uma das Comissões Sociais Inter-Freguesias do concelho. A cada domingo, atuam dois coros pelas 16h00 e pelas 17h00.

Envolto num ambiente acolhedor, colorido e alegre, o centro da cidade – entre a Praceta Cupertino de Miranda, o Parque da Juventude, a Praça 9 de abril e toda a zona envolvente – acolhe a magia do Natal, com a árvore e o espetáculo multimédia que atrai milhares de visitantes.

Depois, há a pista de gelo, no parque de estacionamento da Praça D. Maria II, o carrossel, o comboio e os passeios de charrete. A magia continua no Parque da Juventude, onde está o Circo de Papel. A iniciativa promovida pelo INAC – Instituto Nacional das Artes do Circo está de regresso com o novo circo e o espetáculo “Jardins”, inspirado no conto “O Rapaz de Bronze” de Sophia de Mello Breyner. O espetáculo destina-se ao público escolar, instituições e também a toda a família, com várias sessões diárias até 3 de janeiro.

Entretanto, o Pai Natal chega à cidade já este domingo, dia 8, com um desfile a partir das 15h00, pelas ruas da cidade até à Cabana Solidária que apela ao espírito natalício, na Praça 9 de abril, com música ao vivo e muita animação.

A juntar a todas estas atividades, há ainda outras que apelam ao convívio, como a Corrida S. Silvestre, na noite de 23 de dezembro, e o Porto de Encontro’19, na véspera de Natal a 24 de dezembro.

Inscrições para o Mercado de Natal até 31 de outubro

As inscrições para o mercado de Natal abrem esta sexta-feira e decorrem até 31 de outubro.

Recorde-se que o Mercado de Natal está, habitualmente, instalado na Praça D. Maria II, no período de Natal. Em stands municipais, é possível comprar produtos locais e artesanato.

A ficha de inscrição e as normas de participação estão disponíveis para consulta e levantamento no Posto de Turismo de Famalicão ou no portal do Município, em www.famalicao.pt.

A inscrição poderá ser entregue presencialmente no Posto de Turismo ou através do email[email protected].

No ato de inscrição, é obrigatória a apresentação de comprovativo de atividade e o pagamento da taxa de participação.

A Feira de S. Miguel é uma festa

Está a chegar mais uma edição da Feira Grande de S. Miguel. As atividades realizam-se no próximo fim de semana, dias 27, 28 e 29 de setembro, entre a Praça D. Maria II e o campo da feira. Esta feira distingue-se das que se realizam todas as semanas pelo tempo que dura e pelas iniciativas que lhe estão associadas.

Além da venda de produtos da terra, está previsto um concurso de gado, uma desfolhada à moda do Minho, uma gala equestre, cantares tradicionais, um desfile de charretes pelas ruas da cidade; ainda um workshop Bio Capital, que vai decorrer na Fundação Cupertino de Miranda e um Showcooking.

Algumas destas iniciativas só se realizam uma vez mas outras atividades são contínuas, como o mercado de venda de produtos da terra, o artesanato e as tasquinhas com petiscos.

«São três dias para reviver tradições e mostrar às gerações mais novas acontecimentos que marcaram as origens de Famalicão», destaca Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal.

Dias à Mesa com pratos vegetarianos

Entretanto, a Câmara associa à Feira de S. Miguel o programa “Dias à Mesa” com menus à base de pratos vegetarianos. Ao longo dos três dias do evento, há um conjunto de restaurantes que sugerem os pratos vegetarianos, são eles: El Vagabundo; Fusilli, Massa & Café; Ganesh Club; Moutados de Baixo; Na Boca; O Prato; Refresco e Vinha Nova são os estabelecimentos aderentes.

Para onde se vai mudar a Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão

Com as obras que estão previstas para a zona do antigo campo da feira da cidade, o espaço utilizado até então para a realização da Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão não vai, de forma temporária, poder receber este certame.

A mudança, tal como avançado pela Cidade Hoje em 2018, esteve para acontecer este ano mas, fruto de algumas adaptações que já foram feitas no recinto, foi possível manter-se a feira naquele local por mais uma edição.

Uma das soluções previstas para alojar a Feira de Artesanato enquanto decorrem as obras é a central de camionagem.

É espectável que essa mudança aconteça na edição de 2020 ou 2021 deste certame que tem por hábito arrancar no último fim de semana do mês de Agosto.

 

Most Popular Topics

Editor Picks