Famalicense procura quem lhe destruiu o carro que deixou estacionado esta noite no centro da cidade

Uma famalicense foi surpreendida, esta madrugada, com o estado em que encontrou carro que havia deixado estacionado no parque da Praça D.Maria II, nas proximidades do local onde atualmente se encontra instalada a pista de gelo.

A jovem encontrou o veículo, um Opel Corsa, com a traseira bastante danificada. As marcas indiciam que uma viatura terá embatido no carro, colocando-se de seguida em fuga sem deixar nenhuma informação.

Até ao momento não foi possível identificar o responsável por este ato, uma vez que este terá acontecido numa altura de muito pouco movimento naquela zona central da cidade.

No entanto, a jovem aguarda que alguém tenha visto o que aconteceu e esteja disponível para denunciar. No caso de ter informações, a condutora pede que as enviem por mensagem privada para a Cidade Hoje, de forma a que, momentos depois, estas lhe possam ser encaminhadas.

O caso foi também reportado às autoridades.

Famalicão: Mulher atropelada em passadeira no centro, família procura informações sobre condutor

Uma mulher de 63 anos, natural e residente em Vila Nova de Famalicão, foi colhida por um carro, ao final da tarde desta sexta-feira, na Rua Senador Sousa Fernandes, no centro de Vila Nova de Famalicão.

Segundo o filho da vítima, depois do embate, a sua mãe, com algumas escoriações no joelho e dores na zona da lombar, só ouviu o condutor da viatura a perguntar se estaria tudo bem e a arrancar logo de seguida, sem que houvesse tempo para esta lhe responder.

A mulher, assustada com a situação, acabou por abandonar a cambalear, sem pedir ajuda.

A situação só terá sido comunicada pela vitima aos familiares mais próximos horas depois do incidente, já quando esta se encontrava em casa.

Os familiares tentam agora obter mais informações sobre o condutor e, para isso, lançaram um apelo nas redes sociais na tentativa de encontrar alguém que tivesse testemunhado o atropelamento. A situação aconteceu às 17h50, com um veículo ligeiro de cor branca, que vinha da Rua Conselheiro Santos Viegas, e não terá respeitado o peão que atravessava na passadeira em frente ao Restaurante Limoeiro.

 

 

Most Popular Topics

Editor Picks